PUBLICIDADE
Topo

Sul-coreana Yuh-Jung Youn leva o Oscar de atriz coadjuvante por 'Minari'

Yuh-Jung Youn com sua estatueta de melhor atriz coadjuvante - Chris Pizzello-Pool/Getty Images
Yuh-Jung Youn com sua estatueta de melhor atriz coadjuvante Imagem: Chris Pizzello-Pool/Getty Images

De Splash, em São Paulo

25/04/2021 22h57

Confirmando todas as apostas, Yuh-Jung Youn é a melhor atriz coadjuvante do Oscar 2021. A estrela 73 anos é a primeira atriz sul-coreana a vencer o principal prêmio no cinema. Ela interpreta Soonja, uma avó desbocada em "Minari - Em Busca da Felicidade", também indicado a melhor filme. A divertidíssima atriz já havia levado o Bafta pelo papel.

Ela superou Maria Bakalova ("Borat: Fita de Cinema Seguinte"), Glenn Close ("Era Uma Vez um Sonho"), Olivia Colman ("Meu Pai") e Amanda Seyfried ("Mank") e faz história como a primeira sul-coreana indicada (e agora premiada!) no Oscar.

"Minari - Em Busca da Felicidade" retrata uma família sul-coreana lutando pelo sonho americano na década de 1980.

Homenagem a Glenn Close

Essa foi a oitava indicação de Glenn Close, que apesar de tantas indicações nunca levou o Oscar. Youn lembrou disso durante seu discurso, e homenageou a badalada atriz americana.

"Como é que eu posso vencer da Glenn Close? Assisto a ela há tantos anos, ela tem tantos papéis incríveis", comentou a coreana.

A melhor atriz coadjuvante de 2018 ainda falou com as outras concorrentes na categoria.

Essa noite estou aqui e tenho um pouquinho mais de sorte que vocês talvez. Deve ser a hospitalidade americana para os coreanos", brincou Yuh-Jung Youn, conhecida por seu bom humor.