PUBLICIDADE
Topo

Premiação britânica terá plateia de 4 mil, sem máscara, como 'teste'

Dua Lipa no Grammy: artista também vai se apresentar no Brit Awards - Kevin Winter/Getty Images
Dua Lipa no Grammy: artista também vai se apresentar no Brit Awards Imagem: Kevin Winter/Getty Images

De Splash, em São Paulo

22/04/2021 08h33

O Brit Awards 2021 será palco de um "experimento" aprovado pelo governo britânico, a fim de saber se eventos públicos podem voltar a ter plateias com o avanço da vacinação contra o coronavírus no Reino Unido. A informação é do The Guardian.

Segundo o jornal, o Brit contará com uma plateia de quatro mil pessoas, que não usarão máscaras e nem serão obrigadas a praticar o distanciamento social. A cerimônia musical acontece em 11 de maio, na O2 Arena, em Londres.

2,5 mil ingressos para a premiação estão disponíveis para o público geral da capital britânica, que precisa se inscrever em um sorteio para ter chance de ser um dos convidados do Brit. O restante das quatro mil pessoas serão funcionários, artistas e convidados de honra.

Todos que comparecerão à cerimônia terão que apresentar exames de coronavírus recentes com resultados negativos. Para testar a propagação do vírus, o governo vai pedir que eles façam um segundo exame após a premiação.

O Brit Awards vai contar com shows de Dua Lipa e Arlo Parks, entre outros artistas britânicos de destaque. A categoria principal, de melhor álbum do ano, é disputada por "Future Nostalgia" (de Dua Lipa), "Collapsed in Sunbeams" (de Parks), "What's Your Pleasure?" (de Jessie Ware), "Big Conspiracy" (de J Hus) e "Not Your Muse" (de Celeste).

E aí, quem encararia esse 'experimento'?