PUBLICIDADE
Topo

Elizabeth Olsen pensou em mudar sobrenome para evitar associação com irmãs

Elizabeth Olsen interpreta Wanda Maximoff em "Vingadores" - Divulgação
Elizabeth Olsen interpreta Wanda Maximoff em "Vingadores" Imagem: Divulgação

Colaboração para Splash, em São Paulo

22/04/2021 10h03Atualizada em 22/04/2021 10h07

Elizabeth Olsen, a intérprete da Feiticeira Escarlate no Universo Cinematográfico da Marvel, confessou que não queria ser reconhecida por seu sobrenome por causa da fama de suas irmãs, Mary-Kate e Ashey Olsen, no começo de sua carreira.

"Eu tinha 10 anos e estava curiosa sobre a audição (teste para participar de uma produção), e percebi rapidamente que não era para mim porque estava sentindo falta dos meus times esportivos, minha aula de dança e todas as atividades extracurriculares na escola. Mas durante esse tempo, pensei: 'Não quero ser associada a (Mary-Kate e Ashley)', por algum motivo", explicou ela em entrevista para a "Glamour UK".

Acho que entendi o que era o nepotismo inerentemente aos 10 anos de idade. Não sei se conhecia a palavra, mas existe algum tipo de associação de não ganhar algo (por si mesma) que acho que me incomodou desde muito jovem.

Então, quando finalmente decidiu entrar para o showbiz, ela pensou em adotar o nome artístico Elizabeth Chase (seu sobrenome do meio), para evitar ficar ligada às irmãs famosas, que já eram estrelas da série "Três é Demais".

"Tinha a ver com minhas próprias inseguranças, mas eu tinha 10 anos. Não sei o quanto processei, mas pensei: 'Serei Elizabeth Chase quando me tornar atriz", destacou.

A atriz alcançou enorme sucesso recentemente com "WandaVision", que também faz parte do Universo Cinematográfico da Marvel e recebeu enormes elogios de público e crítica. Mary-Kate e Ashley abandonaram a atuação, e vivem uma vida reservada fora das telas.