PUBLICIDADE
Topo

Mãe de Whoopi Goldberg não quis ir à cerimônia do Oscar que a atriz venceu

Whoopi Goldberg venceu o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por "Ghost" em 1991 - Getty Images
Whoopi Goldberg venceu o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por "Ghost" em 1991 Imagem: Getty Images

De Splash, em São Paulo

21/04/2021 16h51Atualizada em 21/04/2021 16h53

Há trinta anos, Whoopi Goldberg recebeu o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante, por sua personagem Oda Mae Brown em "Ghost - Do Outro Lado da Vida".

Agora, em entrevista à revista Variety, ela relembra: sua mãe, Emma, não estava na plateia!

Minha mãe não quis ir porque ela já tinha ido da primeira vez [Oscar 1986, quando Whoopi foi indicada a Melhor Atriz por "A Cor Púrpura"], e não queria que eu a visse desapontada ou triste. Whoopi Goldberg

Whoopi Goldberg foi a primeira atriz negra a ser indicada ao Oscar de Melhor Atriz e Melhor Atriz Coadjuvante. Ela perdeu o primeiro, em 1986.

"Aí eu ganhei, e pensei 'Claro, no único dia que você não vem'", conta Whoopi.

A mãe dela não foi a única que escolheu ficar de fora da cerimônia, o diretor do filme, Jerry Zucker, também não quis ir! Ele também relembrou o dia em entrevista à Variety:

Minha esposa nunca me perdoou, mas estar perto de todos aqueles famosos usando smoking me deixa nervoso. Fizemos uma grande festa em casa. Convidamos vários amigos e colocamos TVs por toda parte. E foi ótimo, todos gritamos quando a Whoopi venceu. Jerry Zucker, diretor de "Ghost"

Whoopi também relembrou o que passou pela sua cabeça quando ouviu seu nome sendo chamado: "Meu discurso vai fazer sentido? Vai dar tempo? Vou me lembrar de agradecer todo mundo?"

Ela não consegue lembrar como foi a saída da premiação, mas depois deu um jantar para todas as indicadas na categoria: Annette Bening ("Os Imorais"), Lorraine Bracco ("Os Bons Companheiros"), Diane Ladd ("Coração Selvagem") e Mary McDonnell ("Dança com Lobos"). O evento teve uma lembrancinha especial: cada uma ganhou uma estatueta feita de chocolate.