PUBLICIDADE
Topo

Jennifer Lopez e outras estrelas são anunciadas para live em prol da vacina

Jennifer Lopez em participação no evento "One World: Together At Home", parceria de Lady Gaga com a OMS - Getty Images/Getty Images for Global Citizen
Jennifer Lopez em participação no evento "One World: Together At Home", parceria de Lady Gaga com a OMS Imagem: Getty Images/Getty Images for Global Citizen

De Splash, em São Paulo

13/04/2021 10h53

Buscando incentivar as pessoas a se vacinarem contra a covid-19, a ONG Global Citizen anunciou uma live com estrelas para o dia 8 de maio. Chamado "VAX Live: The Concert", o show será apresentado por Selena Gomez.

A live também contará com shows de Jennifer Lopez, Eddie Vedder, Foo Fighters, J Balvin e H.E.R.

"Estou honrada por apresentar a 'VAX Live: The Concert' para reunir o mundo. Este é um momento histórico para encorajar as pessoas ao redor a tomar a vacina da covid-19 quando ela estiver disponível para eles, convocar os líderes mundiais para compartilhar as doses da vacina de forma equitativa e reunir as pessoas para uma noite de música", disse Selena em comunicado.

O evento tem como objetivo "inspirar confiança em vacinas em todo o mundo e ajudar a levar as vacinas da covid-19 para todos, em todos os lugares", ainda segundo o comunicado divulgado hoje pela Global Citizen.

No evento, a ONG fará um apelo aos filantropos e corporações para doar "dólares por dose" para vacinar profissionais de saúde em todo o mundo.

A live também pedirá aos líderes mundiais e governos que prometam US$ 22,1 bilhões (aproximadamente R$ 126 bilhões) para "levar dois bilhões de doses, testes e tratamentos da vacina da covid-19 aos países mais pobres do mundo até o final de 2021."

A "VAX Live: The Concert" vai ao ar nos Estados Unidos nas redes ABC, ABC News Live e CBS. O evento também será transmitido no YouTube.

Ainda no início da pandemia do novo coronavírus, a Global Citizen promoveu a "live das lives". Feito em parceria com a OMS (Organização Mundial da Saúde) e Lady Gaga, o evento arrecadou US$ 127,9 milhões (R$ 724 milhões) para o combate à pandemia. O álbum com as canções apresentadas está disponível nas plataformas de streaming de áudio.