PUBLICIDADE
Topo

Nero lembra sucesso de 'Império': 'Tive que mudar de casa, foi meio maluco'

Alexandre Nero como José Alfredo em 'Império'
Alexandre Nero como José Alfredo em 'Império'
João Miguel Júnior/Globo

Marcela Ribeiro

De Splash, no Rio

13/04/2021 04h00

Alexandre Nero, de volta em "Império" como o inesquecível comendador José Alfredo, diz que vai se divertir com memes na internet ao se rever no ar, sete anos depois de viver seu primeiro protagonista.

Vou tirar sarro de mim, fazer meme, zoar, ver defeitos, para isso que serve uma reprise na internet.

Continua depois da publicidade

Segredo

Nero contou um segredo sobre a caracterização de Zé Alfredo para que ele parecesse mais velho. Na época, o ator estava com 44 anos e fazia um personagem que era pai de quatro adultos: José Pedro (Caio Blat), Maria Clara (Andreia Horta), João Lucas (Daniel Rocha) e Cristina (Leandra Leal).

José Alfredo (Alexandre Nero) em 'Império' - Alex Carvalho/Globo - Alex Carvalho/Globo
José Alfredo (Alexandre Nero) em 'Império'
Imagem: Alex Carvalho/Globo

A gente fazia uma maquiagem para envelhecer, para ajudar nesse convencimento do público. E isso ficou em segredo, na época. As pessoas não sabendo disso, quando me viam, falavam que dei uma acabada. Hoje acho que vão dizer que dei uma rejuvenescida.

Sete anos depois, o ator acredita que receberá elogios por estar mais jovem, aos 50 anos e pai de dois: Noá e Inã.

"Vou me ver mais jovem. Além disso, estou dez quilos mais magro. Essa reprise vai ser boa, vou estar mais novo hoje", brinca.

Continua depois da publicidade

Comendador eterno

O ator admite que ficou desconfortável logo após a novela, por ser chamado de "comendador" com frequência nas ruas. Ele se incomodou por ficar preso ao personagem, mas hoje já se acostumou e entende a importância que Zé Alfredo teve na vida de milhares de telespectadores.

Tive que mudar de casa, foi um negócio meio maluco. O comendador foi um fenômeno. Recebo mensagens do mundo todo até hoje. No início foi complicado, pensei: 'Serei eternamente comendador'. Com o tempo desapeguei. Agora já acho um barato, não vejo problema. Desde que isso reverta em reais [risos]

Divisor de águas

O comendador foi um divisor de águas na carreira de Nero. Antes dele, o ator se destacou como o verdureiro Vanderlei, em "A Favorita" (2008), e como Baltazar, em "Fina Estampa" (2011). Quando recebeu o convite para a novela, ele afirma que achou que não daria certo.

Y

Continua depois da publicidade

Falei com o Papinha [Rogério Gomes, diretor]: 'Isso vai dar errado'. Era uma aposta de um protagonista, numa novela das nove. Mas o Aguinaldo é um cara meio maluco, que faz as coisas darem certo.

Nero buscou inspiração para viver o comendador em sua família.

"Não era pai, não tinha a menor ideia de como iria fazer. Aquela coisa do bigode, era o meu pai, o único pai que podia me inspirar. Inclusive vieram disso também as maneiras grosserias e afetivas que eram típicas do comendador."

Depois de ver uma pessoa chamar o Fagundes de 'Rei do Gado', quem sou eu para não querer ser chamado de 'comendador'? As pessoas fantasiam. Muitas vezes, vão olhar para mim e vão ver o comendador. Não tem muito o que fazer, a gente tem que continuar trabalhando mesmo, é isso.

Continua depois da publicidade