PUBLICIDADE
Topo

Laura Pausini fala sobre indicação ao Oscar: 'Me sinto um pouco confusa'

Grammy Latino - Laura Pausini - Getty Images
Grammy Latino - Laura Pausini Imagem: Getty Images

Colaboração para o Splash, em São Paulo

18/03/2021 07h00

Laura Pausini está feliz da vida: nesta semana, a cantora italiana recebeu sua primeira indicação ao Oscar, na categoria Melhor Canção Original, pela música do Io Si (Seen), do filme Rosa e Momo — escrita com a celebrada compositora Diane Warren. Aos 46 anos, ela se mostrou emocionada e disse ainda ter um pouco de dificuldade em acreditar na indicação.

"Me sinto um pouco confusa, porque a realidade que estamos vivendo no mundo é tão oposta a essa sorte, que quase me desequilibra. Tem momentos do dia, por exemplo, em que me sinto acreditando no prêmio. E em outros, que sinto quase que uma culpa por ter tido essa sorte", disse ela em entrevista para a Quem.

Eu falei com amigos, familiares, e eles me disseram que no meio de tantas notícias tristes, receber uma indicação ao Oscar é, para os italianos, quase que como receber um presente. Que devo ver como algo positivo e não me sentir culpada. Então, quero dizer aos espanhóis, brasileiros, latinos — porque há 18 anos fui adotada por vocês — que esse prêmio é de uma mulher italiana para todas as outras nações.

Segundo ela, a família ainda está bem emocionada com a indicação ao Oscar. "Meu pai precisa de lenços, por cada minuto de felicidade, ele está se sentindo a pessoa mais feliz do mundo, mais orgulhosa. Meu marido — quero desejar a todos um marido como o meu, não o meu porque ele já é meu —. Mas no nosso caso, que os dois tem o mesmo trabalho, um deles tem um resultado incrível e o outro não sente inveja, olha com brilho nos olhos, é raro", brincou.

Minha filha me disse: 'Vamos falar imediatamente com minha professora e meus colegas', porque ela queria terminar a aula virtual para viver comigo aquele momento. Então, a primeira chamada pós indicação foi para a escola dela. Ela disse: 'Minha mãe foi indicada ao famoso Oscar'. E todas as crianças gritaram "Eeeee"! Minha mãe, irmã, sobrinha, ficaram muito comovidas, chorando. Foi uma coisa muito familiar porque o filme, a música, são familiares.

"Agradeço a Deus por eu ter dito vários 'nãos', antes dessa colaboração, porque já tive muitos convites (para compor trilhas sonoras), mas faltava alguma coisa, não me convencia 100%. E era isso, eu preciso viver situações familiares, também no trabalho. E esse foi o momento perfeito, com as pessoas perfeitas, com a mensagem perfeita para mim", declarou.

Agora, Laura tem pensado sobre o look que usará na premiação, que acontece em abril. "Desde quando começamos a apresentar a canção com o filme, temos tido a colaboração do Pierpaolo Piccioli, designer de Valentino, e tudo que estou fazendo relacionado a Io Sí, é desenhado por ele", explicou.

"Quando recebi a nomeação, nos falamos e combinamos que quando eu tiver tempo, vamos pensar juntos no look. Quero estar elegante, fina. Gosto muito de vermelho, me deu sorte no Globo de Ouro, ou fúcsia. Mas vamos ver o que eles me aconselham. É engraçado, porque parece uma coisa louca pensar no look do Oscar", divertiu-se.