PUBLICIDADE
Topo

Zendaya recorda episódio racista no Oscar e fala sobre reescrever história

Zendaya Coleman foi alvo de comentário ofensivo por usar dreads no Oscar 2015 - Getty Images
Zendaya Coleman foi alvo de comentário ofensivo por usar dreads no Oscar 2015 Imagem: Getty Images

Colaboração para Splash, em São Paulo

17/03/2021 08h35

Zendaya, capa da edição atual da W Magazine, relembrou à publicação um episódio que foi alvo de comentários racistas durante a premiação do Oscar em 2015. Na época, a atriz utilizava dreadlocks no cabelo, o que chamou atenção de Giuliana Rancic, apresentadora do "Fashion Police".

Ao comentar o look de Zendaya, Rancic afirmou que sentia que a atriz tinha cheiro de "óleo de patchuli" e "maconha".

Após a polêmica, a empresa Mattel criou uma boneca Zendaya Barbie, com o mesmo look da atriz na premiação. "É assim que a mudança acontece", disse Zendaya à W Magazine. "E isso me fez pensar: como eu poderia sempre ter um impacto duradouro sobre o que as pessoas viram e associaram às pessoas negras?"

A estrela chegou a responder aos comentários no Instagram, em um comunicado em que afirmava as alegações eram "escandalosamente ofensivas" que "já existe uma crítica dura ao cabelo afro-americano na sociedade sem a ajuda de pessoas ignorantes que optam por julgar os outros com base na ondulação de seus cabelos."

Na nota, Zendaya também afirmou que seus dreads eram "símbolos de força e beleza, quase como uma juba de leão"

Desde então, a atriz tem emergido como uma das principais estrelas de Hollywood, tornando-se a artista mais jovem a receber um Emmy pela sua atuação em "Euphoria".

Capa da revista norte-americana ao lado de John David Washington, com quem contracena o drama "Malcolm & Marie", a atriz refletiu sobre o ensaio e afirmou: "Dois atores negros neste cenário parecem reescrever a história de uma maneira elegante, como uma espécie de velho Hollywood que gostaríamos que existisse. É quase como consertar um erro."