PUBLICIDADE
Topo

Denúncias de abuso de Shia LaBeouf podem prejudicar Vanessa Kirby no Oscar

Vanessa Kirby e Shia LaBeouf em "Pieces Of A Woman" - IMDB
Vanessa Kirby e Shia LaBeouf em 'Pieces Of A Woman' Imagem: IMDB

De Splash, em São Paulo

16/03/2021 12h01Atualizada em 19/03/2021 15h32

A atriz Vanessa Kirby é "prejudicada" e tem chances menores de vencer o Oscar de melhor atriz por contracenar com o ator Shia LaBeouf, segundo o New York Post.

A colunista Sara Stewart, que é especialista em cinema, apontou um provável incômodo da Academia se premiar Vanessa pela atuação em "Pieces Of A Woman".

LaBeouf é acusado de violência sexual e abuso psicológico pela ex-namorada, a cantora FKA Twigs. O processo contra ele foi revelado em dezembro e outras ex-companheiras do ator também indicaram abusos sofridos na relação.

Na própria trama do filme, o ator e a atriz vivenciam cenas de estupro e de agressões.

"Não ajuda que o personagem de LaBeouf se torne cada vez mais abusivo com sua esposa traumatizada (Kirby), tentando forçá-la a fazer sexo com ele em uma cena e, em outra, jogando uma grande bola em seu rosto enquanto ela segura um cigarro aceso", aponta.

A própria Vanessa reconheceu que solidariza com pessoas que passaram por situações de violência em suas vidas, mas sem citar o caso de LaBeouf, em um depoimento feito em janeiro.

"Estou com todas as sobreviventes de abuso e respeito a coragem de qualquer pessoa que diga a sua verdade. Em relação às notícias recentes, não posso comentar sobre um processo legal em andamento", afirmou para a IndieWire.

A direção do filme tentou apaziguar o nome de LaBeouf com o filme, removendo-o de materiais de divulgação, como banners e pôsteres.

A atriz que viveu a princesa Margareth em "The Crown" saberá o resultado em abril. Ela concorre com as atrizes Andra Day, Viola Davis, Frances McDormand e Carey Mulligan.

Errata: o texto foi atualizado
Diferente do que havia sido escrito, o nome do ator é Shia LaBeouf, e não Shia LeBouf. A grafia já foi corrigida.