PUBLICIDADE
Topo

'Pose', série pioneira com protagonistas trans, vai acabar na 3ª temporada

"Pose" vai acabar na terceira temporada - Divulgação
'Pose' vai acabar na terceira temporada Imagem: Divulgação

De Splash, em São Paulo

05/03/2021 11h08

O último baile de "Pose" está chegando. A série da FX, que é distribuída no Brasil pela Netflix, vai terminar na sua terceira temporada, segundo o Deadline.

A despedida vai contar com sete capítulos (contagem menor que as temporadas anteriores), que vão ao ar nos EUA a partir de 2 de maio. Por enquanto, não há previsão de data para a entrada da última temporada no catálogo da Netflix.

Na trama dessa nova fase, somos transportados para 1994, quando a protagonista Blanca (Mj Rodriguez) deixou para trás os salões de dança onde eternizou a sua House of Evangelista na cultura do ballroom de Nova York.

Agora, ela é uma assistente de enfermagem e precisa balancear as suas responsabilidades com os filhos postiços e com o seu novo namorado. Enquanto isso, Pray Tell (Billy Porter) passa por um susto de saúde ao mesmo tempo em que a epidemia do HIV/AIDS não dá trégua pelos EUA.

O ator Billy Porter como Pray Tell em 'Pose' - Divulgação/FOX  - Divulgação/FOX
O ator Billy Porter como Pray Tell em 'Pose'
Imagem: Divulgação/FOX

Em declaração ao Deadline, o produtor Ryan Murphy definiu "Pose" como "um dos melhores momentos de sua carreira", e disse que "contou a história que queria contar, exatamente do jeito que queria contar".

Em 2018, quando a produção estreou, "Pose" chamou a atenção por ter o maior elenco de intérpretes transgênero da história da televisão: Mj Rodriguez, Dominique Jackson, Indya Moore, Hailie Sahar e Anjelica Ross estão entre os talentos trans que deram vida à história.

As estrelas de Pose, da esquerda para a direita: Indya Moore, MJ Rodriguez, Dominique Jackson, Hailie Sahar e Angelica Ross - Divulgação - Divulgação
As estrelas de Pose, da esquerda para a direita: Indya Moore, MJ Rodriguez, Dominique Jackson, Hailie Sahar e Angelica Ross
Imagem: Divulgação

As duas primeiras temporadas acumularam 11 indicações ao Emmy e uma vitória, para Billy Porter, por sua performance como Pray Tell.

Eu, junto com meus colaboradores incríveis, nunca tive a intenção de mudar o cenário da TV. Eu simplesmente queria contar uma história honesta sobre família, resiliência e amor. Que sorte tivemos de poder fazer isso por três temporadas."
Steven Canals, cocriador de 'Pose'