PUBLICIDADE
Topo

Nicola Coughlan fala de mulher que a chamou de 'garota gorda de Bridgerton'

Nicola Coughlan responde ataque gordofóbico - Imagem: Reprodução/Instagram@nicolacoughlan
Nicola Coughlan responde ataque gordofóbico Imagem: Imagem: Reprodução/Instagram@nicolacoughlan

Colaboração para o Splash, em São Paulo

04/03/2021 15h30

Nicola Coughlan, a Penélope Featherington de 'Bridgerton', se manifestou sobre um ataque gordofóbico que recebeu no Twitter, feito pela apresentadora Amanda Richards. Na ocasião, Amanda criticou o look escolhido pela atriz no Globo de Ouro, que aconteceu no último domingo (28). Richards não foi nada delicada e chamou Nicola de "garota gorda de Bridgerton".

No tapete vermelho da premiação, Coughlan apostou em um vestido amarelo pastel de tule da estilista Molly Goddard, junto com um cardigã preto. Na make, ela arrasou ao ousar com uma sombra pink bem marcada nos olhos.

"Aquela garota gorda de Bridgerton está usando um cardigã preto no Globo de Ouro porque não importa o quão atraente ou estilosa você seja, se você é gorda, sempre passará pela sua cabeça usar um cardigã preto - que você até decidirá que não é uma boa ideia, mas, no final, você usará porque sente que deve", escreveu Amanda.

Nicola, então, com toda a elegância, respondeu ao comentário da comunicadora:

"Eu achei que o cardigã ficou sensacional. Molly Goddard usou a peça junto com os vestidos em seu desfile e foi daí que a ideia surgiu. Além do mais, eu tenho um nome"

A atriz continuou a discussão ao repostar um artigo que ela escreveu para o jornal The Guardian dois anos atrás sobre ter sido chamada de "garota acima do peso" por um crítico de teatro.

Na época, ela questionou: "Podemos julgar os atores por seus trabalhos e não por seus corpos?".

Por fim, a artista pediu para que as pessoas parassem de questionar o peso das atrizes em entrevistas por ser um tema extremamente chato, inútil e delicado para as mulheres:

"Eu adoraria não ter que responder sobre isso de novo. Além do mais, eu tenho tantos outros assuntos dos quais eu amo para falar".