PUBLICIDADE
Topo

Renata Sorrah: 'Estamos há 1 ano vivendo uma tragédia, mas nós continuamos'

Giovanna Antonelli, Renata Sorrah e Vanessa Giácomo, em "Filhas de Eva" - Divulgacão
Giovanna Antonelli, Renata Sorrah e Vanessa Giácomo, em "Filhas de Eva" Imagem: Divulgacão

Renata Nogueira

De Splash, em São Paulo

03/03/2021 19h26

Renata Sorrah está pronta para estrelar uma série inédita no Globoplay, algo raro em tempos de covid. Ao lado das também protagonistas Giovanna Antonelli e Vanessa Giácomo, a atriz se prepara para a estreia de "Filhas de Eva", comédia gravada antes da pandemia e que chega no próximo dia 8 ao serviço de streaming da Globo após ter a estreia adiada.

Em coletiva de imprensa realizada hoje, Sorrah fez questão de destacar que, apesar dos tempos difíceis, ela não ficou parada. "Da mesma maneira que eu tenho que tirar o chapéu para todos os médicos, enfermeiras, o pessoal da linha de frente, eu faço uma reverência aos artistas. Todo mundo continuou. Todo mundo tentou fazer o máximo."

Sem a possibilidade de encontros presenciais, ela destacou como o universo artístico conseguiu se adaptar para não parar e ao mesmo tempo ajudar.

Fiz lives com os meus amigos artistas, fiz todo um seriado, o 'Diário de um Confinado'. Eu fiz coisas pelo Sesc de teatro. A gente não parou de trabalhar.

E ela continua:

A gente está há um ano vivendo uma tragédia. Não dá para não falar nisso. Estamos em uma pandemia, com mortes. Mas usando nosso nome e visibilidade passamos esse ano tentando ajudar quem precisava. Nós artistas fomos muito presentes o tempo inteiro. Renata Sorrah

Giovanna Antonelli, que faz a filha da personagem de Renata Sorrah na série, também destacou a importância do olhar para o próximo ao longo de um ano de pandemia.

"Quanto mais a gente olhar para o outro, mais a gente está olhando para dentro da gente. Eu perdi pessoas da minha família no meio dessa tragédia toda, mas exercitar esse olhar para o outro todos os dias é o melhor caminho daqui para a frente. Não acabou a pandemia. Estamos no pior momento", lembrou a atriz.

Minutos depois da declaração de Giovanna Antonelli, o Brasil registraria oficialmente um novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910 vidas perdidas.

Vanessa Giácomo, que também está em Filhas de Eva, falou ainda sobre as adaptações e como manteve a parceria com Giovanna ao longo dos meses de isolamento. "Eu e Giovanna produzimos, dirigimos, desenvolvemos roteiro durante a pandemia. Temos um projeto que vamos apresentar em breve", adiantou.

As três concordam que "Filhas de Eva" é um presente para o público, já que chega para trazer um respiro. A série discute o feminismo a partir de situações cotidianas e mostra a libertação das três mulheres de diferentes gerações que têm suas histórias e trajetórias cruzadas.

"É uma comédia dramática porque temos situações muito divertidas que são reais e situações dramáticas também. A nossa série é leve. Depois desse ano que a gente viveu, tudo o que a gente quer como espectador é ver algo com leveza e que a gente se identifique", resumiu Giovanna Antonelli.