PUBLICIDADE
Topo

Após sucesso, 'Cidade Invisível' ganha segunda temporada e nova região

Cidade Invisível, da Netflix, ganhou mais uma temporada - Divulgação
Cidade Invisível, da Netflix, ganhou mais uma temporada Imagem: Divulgação

De Splash, em São Paulo

02/03/2021 11h24Atualizada em 02/03/2021 11h33

E a Cuca pegou! Após sucesso da série brasileira "Cidade Invisível", a Netflix confirmou uma segunda temporada da produção.

A trama explora figuras mitológicas — e lidas como folclóricas, mas há polêmica — do Brasil, como a "Cuca" sendo interpretada pela atriz Alessandra Negrini. A história também é estrelada por Marcos Pigossi vivendo Eric.

Segundo a plataforma, a série ficou na lista de conteúdos mais vistos em cerca de 40 países.

"É uma alegria enorme ver um produto nosso, do Brasil, chegar a tantas partes do mundo e agradar a tantas pessoas. Recebi muitos comentários, li bastante sobre o que as pessoas desejam para a continuação, e estou levando tudo em consideração para trazer ao público uma sequência bacana", comemorou o produtor Carlos Saldanha.

A data de estreia ainda segue misteriosa.

Alessandra Negrini e Marcos Pigossi - Divulgação/Netflix - Divulgação/Netflix
Alessandra Negrini e Marco Pigossi em cena de 'Cidade Invisível', da Netflix
Imagem: Divulgação/Netflix

E outros detalhes também: a trama vai explorar outra região do Brasil e contará com novos personagens, após uma temporada no Rio de Janeiro. A plataforma informou que o elenco não está confirmado para a segunda temporada.

Mesmo com o sucesso, "Cidade Invisível" não passou ilesa em críticas de ativistas indígenas. A produção não escalou atores indígenas e, para alguns, confundiu o público por colocar como "exótico" figuras que fazem parte de uma religiosidade — e não uma "lenda folclórica".

Segundo Haná Vaisman, gerente de conteúdo de Séries Originais Brasileiras da Netflix, a representatividade será uma das preocupações para a próxima etapa da produção.