PUBLICIDADE
Topo

Urach diz que agora é livre: 'Vou falar de Deus mesmo com o bumbum de fora'

Daniel Palomares e Felipe Pinheiro

De Spash, em São Paulo

24/02/2021 04h00

Andressa Urach está de volta! Após chocar o público com sua conversão à igreja evangélica e de passar por uma transformação radical, de comportamento e discurso, a modelo se associa novamente ao concurso que a tornou famosa: o Miss Bumbum. O retorno não poderia ser menos triunfal. Ela será sócia e garota-propaganda da competição que projetou seu nome para o mundo em uma edição especial neste ano.

Andressa Urach fez ensaio sensual para anunciar parceira com Miss Bumbum - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Andressa Urach fez ensaio sensual para anunciar parceira com Miss Bumbum
Imagem: Reprodução/Instagram

"É uma fase maravilhosa, que ajudou na minha autoestima. Passei por um período muito delicado, mas agora é vida nova. O Miss Bumbum me trouxe vida. Sou grata ao concurso, porque fiquei conhecida no Brasil e no exterior por causa dele. Está sendo o melhor ano da minha vida."

No ano passado, Urach voltou a expor suas feridas ao falar da decepção com a igreja. As declarações eram fortes, como quando disse que se sentiu mais usada na igreja do que na prostituição. Chegava ao fim um ciclo importante para um novo renascimento.

Fazia seis anos que eu estava me sentindo apagada, murcha, eu não conseguia mais me amar, me valorizar. O concurso Miss Bumbum veio me ajudar nessa fase delicada. Até me emociono. Se voltar no tempo e pensar em tudo o que aconteceu nos últimos anos, só posso ser grata por tudo o que tem acontecido.

Ao fim do ano passado, Andressa Urach e Thiago Lopes se casaram - Bruno Dias - Bruno Dias
Ao fim do ano passado, Andressa Urach e Thiago Lopes se casaram
Imagem: Bruno Dias

O renascimento

Andressa Urach divide a sua vida em três momentos. O atual não é exatamente um resgate da velha Urach, aquela que protagonizou uma guerra de cuspe em "A Fazenda" e que era viciada em drogas. "A velha Andressa morreu. São três fases: a velha Andressa, a irmã Andressa e a nova Andressa. Digo que agora sou uma Andressa melhorada", define.

Nem quero falar sobre a igreja, porque me machucou muito. A minha fé continua inabalável. Não são tijolos que vão definir meu relacionamento com Deus. Eu me reconheço como pecadora e sei que Jesus terá misericórdia de mim no dia do julgamento da minha alma.

Equilíbrio

A eterna vice-Miss Bumbum está em paz com seu passado e não cospe no prato em que comeu. Ela diz ter encontrado o equilíbrio, sem o fanatismo que marcou os últimos anos —embora avalie que passar por esse período foi necessário por conta do estilo de vida que levava antes da conversão. O vocabulário, por exemplo, é uma herança da fase crente.

"Tudo que é em excesso faz mal. Entendi que uma unha postiça preta não é pecado. Um cílio postiço não vai me levar para o inferno. Posso me amar, me valorizar e saber os meus limites. O que machuca a nossa consciência nos agride. Se a minha consciência não está me acusando, eu estou em paz", afirma.

Conhecer Jesus foi a melhor coisa que me aconteceu, porque tenho paz interior. Mas eu era religiosa. Eu julgava as pessoas e me achava supersanta, achava que só eu seria salva. Eu achava que tudo era pecado. Tinha medo até de me expressar para não pecar contra Deus. Tudo é um processo e encontrei o equilíbrio.

A modelo brinca que a fase "irmã Andressa" acabou; agora, ela busca o equilíbrio e menos fanatismo - Reprodução/Montagem UOL - Reprodução/Montagem UOL
Andressa Urach antes e depois de se converter. Hoje ela busca o equilíbrio e menos fanatismo
Imagem: Reprodução/Montagem UOL

"Gosto de me sentir gostosona"

A mudança mais comentada de Andressa Urach pós-conversão tinha ligação com seu visual. Ela trocou as roupas curtas por saias longas e blusas fechadas. Agora o armário foi renovado mais uma vez, e Andressa Urach está mais eclética. Pode decote? Sim! E está liberada calça comprida também.

"Eu gosto de me sentir gostosona. Mas tudo tem um local. O bom é ter a liberdade de usar uma roupa mais comportada ou um superdecote. Não vejo pecado nisso. O pecado está nos olhos de quem julga."

O bumbum tá ok!

Agora que mudei a forma de me vestir, muitos disseram: 'Eu sabia que ela nunca tinha mudado'. Eu estava esperando por isso e não me importo com o que as pessoas falam. Sei da minha intimidade com Deus. Vou continuar falando dele mesmo com o bumbum de fora! Vou falar de Jesus, porque eu o amo. E aceita que dói menos. Simples!

Andressa para todos: "A fé une"

Andressa Urach é musa do público LGBTQ+ e retribui o amor que recebe dele. Ela afirma que os gays, inclusive, foram importantes na reconquista de sua liberdade, com um estilo de vida mais leve e sem culpa.

"Eu amo os gays. Esse foi um dos motivos pelos quais me desprendi da religião. Não é seu desejo sexual que vai interferir no seu caráter ou dizer que você seja indigno de Deus. Que absurdo é esse? Hoje sou livre com a minha fé e é necessário ter esse respeito, essa empatia. O problema das pessoas com a religião é que ela separa. A fé une."

Livros de Andressa Urach

Quer saber mais da história da modelo? Conheça os livros da Andressa:

Morri para viver

Desejos da Alma: Vencendo a Ansiedade, Depressão e os Vícios

O UOL pode receber uma parcela das vendas pelos links recomendados neste conteúdo. Preços e ofertas da loja não influenciam os critérios de escolha editorial.