PUBLICIDADE
Topo

Drew Barrymore voltou aos apps de relacionamento após ver 'Bridgerton'

Colaboração para o Splash, em São Paulo

24/02/2021 12h58

Drew Barrymore está à procura do amor, e resolveu deixar a tecnologia dar uma ajudinha com isso.

Em entrevista ao programa de James Corden, a atriz revelou que voltou a usar aplicativos de relacionamento. O que a inspirou à busca do amor novamente? A série 'Bridgerton'! Mas não pelo motivo que imaginávamos.

Ao falar sobre o assunto em seu programa, ela admite que pensou depois: "As pessoas vão pensar que foi por causa do s*xo chamativo que eu voltei". Mas a estrela garantiu que seu motivo para entrar nos aplicativos foi bem diferente. "Foi mais por ceder ao fato de que eu não vou conhecer alguém de uma forma antiga, antiquada. Não estou buscando (relacionamentos) de forma tão agressiva, mas pensei: 'Assistir essa série antiga foi o ponto chave para aceitar o mundo moderno', porque eu sou muito antiquada", revelou Drew.

Depois de entrarem no assunto amoroso, o apresentador perguntou à atriz o que ela procurava num homem. Barrymore respondeu: "Ser engraçado, ele tem que ser engraçado. Eu só quero dar risada, sempre foi meu grande critério. Eu amo o humor, é meu guia para sobreviver. Não posso desapegar de senso de humor. Eu rio de tudo, eu amo rir, então ser engraçado é minha qualidade favorita em qualquer pessoa".

Drew ainda respondeu qual seria a faixa etária que estaria buscando: "Algumas pessoas tem 40 anos, mas parecem ter dois, e outras tem dois e parecem ter 40, então ter um número exato é difícil". James completou o pensamento: "Não é sobre o quão velho você é, é sobre como você é sendo velho".

A apresentadora também falou sobre seu aniversário, que foi dia 22, e como já está ansiosa para a comemoração do ano que vem. "Meu aniversário é dia 22, então ano que vem será em 22 do mês 2 do ano 2022. E eu espero e acho que o mundo estará num lugar melhor, e talvez eu e meus amigos possamos nos encontrar novamente. É só pra isso que meu aniversário 'conta', a união das pessoas".