PUBLICIDADE
Topo

Shailene Woodley, de 'A Culpa é das Estrelas', confirma noivado com jogador

Shailene Woodley confirmou boatos de noivado com Aaron Rodgers em entrevista com Jimmy Fallon - Reprodução/Instagram
Shailene Woodley confirmou boatos de noivado com Aaron Rodgers em entrevista com Jimmy Fallon Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o Splash, em São Paulo

23/02/2021 07h21Atualizada em 24/02/2021 08h45

Shailene Woodley confirmou ontem o noivado com o astro do futebol americano Aaron Rodgers.

A atriz, estrela de "A Culpa é das Estrelas", "Divergente" e "Big Little Lies", falou pela primeira vez sobre o compromisso durante sua participação no "The Tonight Show" do apresentador Jimmy Fallon.

Os boatos sobre o possível enlace de Woodley e Rodgers ganharam força no início do mês, quando durante um evento da NFL o jogador contou ter ficado noivo durante a pandemia, exaltando as qualidades da parceira, mas sem mencionar o nome da atriz.

Apesar da discrição, a revista Us Weekly já havia noticiado o namoro dos dois, com os primeiros boatos surgindo em julho do ano passado, sem nunca serem comentados pelo casal.

Mas ao falar sobre o assunto com Fallon, Woodley admitiu que os dois já estão noivos "há um tempo".

"Então, é meio engraçado isso. Todos estão surtando por causa disso e a gente: 'ah, estamos noivos há um tempo. Ele é, antes de tudo, um ser humano maravilhoso, incrível. Mas nunca imaginei ficar noiva de alguém que joga bola para viver", brincou ela.

A atriz, de 29 anos, ainda entrou em detalhes sobre como conheceu o quarterback do Green Bay Packers, de 37.

"Quando eu o conheci pela primeira vez, acho que meu cachorro me colocou meio de lado e ficou tipo: 'se você não namorar esse cara, eu vou renegar voc? como minha mãe, porque o um quilômetro que eu corro com você quando você joga uma bola, não são nada em comparação com a maratona que eu vou poder correr com ele", ironizou ela, novamente fazendo piada com os dotes atléticos do noivo, e revelando que nunca foi a um jogo de futebol americano na vida.

"Nós nos conhecemos durante esse período maluco e todos os estádios em que ele jogou estavam fechados, então ainda tenho que ir a um jogo de futebol americano. Eu não cresci no mundo dos esportes, especialmente dos esportes dos Estados Unidos. Isso nunca esteve no meu radar. Quando nos conhecemos, eu sabia que ele era um cara do futebol, mas eu não sabia que tipo de cara do futebol ele era. E eu ainda estou constantemente aprendendo", concluiu Woodley, que nasceu na Califórnia.