PUBLICIDADE
Topo

Motorista envolvido na morte do pai de Nicki Minaj se entrega, diz site

Pai de Nicki Minaj, Robert Maraj, morre após atropelamento - Facebook/Reprodução
Pai de Nicki Minaj, Robert Maraj, morre após atropelamento Imagem: Facebook/Reprodução

Colaboração para o Splash, de São Paulo

17/02/2021 18h11

O motorista suspeito do atropelamento que causou a morte de Robert Maraj, pai da cantora Nicki Minaj, se entregou à polícia nos Estados Unidos, de acordo com o TMZ. Segundo a publicação, o suspeito tem 70 anos e foi acusado de dois crimes: deixar a cena do incidente envolvendo a morte de uma pessoa e adulterar ou suprimir evidências físicas.

Robert Maraj morreu aos 64 anos no último domingo (14). Ele andava entre duas avenidas de Mineola, no condado de Nassau, no estado de Nova York, quando foi atingido por um veículo. O motorista não prestou socorro.

De acordo com a denúncia, o suspeito atingiu Maraj com seu Volvo branco de 1992. Policiais dizem que ele saiu do carro e parou em frente à vítima para perguntar se ele estaria bem, mas em seguida voltou e fugiu do local. Ainda, segundo os policiais, o suspeito dirigiu até sua casa "evitando cruzamentos e escondeu seu veículo na garagem individual de sua residência."

Robert chegou a ser levado ao hospital em estado crítico, mas não resistiu aos ferimentos.

A publicação ainda revela que a fiança do suspeito foi fixada em US $ 250 mil (equivalente a R$ 1,3 milhão) e que ele também teve que entregar o seu passaporte.