PUBLICIDADE
Topo

Morre Larry Flynt, fundador da revista erótica Hustler, aos 78 anos

Do UOL, em São Paulo

10/02/2021 20h19

Faleceu ontem Larry Flynt, fundador do império do universo erótico Hustler, aos 78 anos, vítima de insuficiência cardíaca. A informação foi confirmada ao site TMZ por familiares de Flynt.

O magnata, que convivia com uma paralisia dos membros inferiores desde 1978, fez seu nome como um dos pioneiros da indústria pornográfica. Larry Flynt enfrentou diversas batalhas judicias que envolviam liberdade de expressão e regulação da pornografia nos Estados Unidos.

Cinebiografia premiada

Seu mais famoso embate virou um filme que chegou a ser finalista do Oscar em 1996 com "O Povo contra Larry Flynt". O longa concorreu aos prêmios de Melhor Ator — pela atuação de Woody Harrelson no papel do magnata — e Melhor Diretor.

No Globo de Ouro, no entanto, o filme teve melhor sorte e abocanhou os prêmios de Melhor Diretor, para Milos Forman, e Melhor Roteiro. A obra também levou o Urso de Ouro, do Festival de Berlim.

O filme retrata a briga entre Flynt e o líder evangélico Jerry Falwell, que foi alvo de uma sátira na revista e retribuiu processando o magnata. O dono da Hustler foi condenado por desconforto emocional, mas conseguiu passar ileso da acusação de difamação.