PUBLICIDADE
Topo

Bacurau é indicado a prêmio da AARP, para 'filmes de gente grande', nos EUA

Cena do filme "Bacurau", dirigido por Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles - SBS Distribution
Cena do filme 'Bacurau', dirigido por Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles Imagem: SBS Distribution

De Splash, em São Paulo

08/02/2021 14h47

O pique de "Bacurau" nas premiações internacionais não dá sinal de parada. No mesmo dia em que venceu o prêmio de melhor filme estrangeiro da Associação de Críticos de Toronto, no Canadá, o longa brasileiro apareceu em mais uma premiação nos EUA.

"Bacurau" é um dos cinco indicados a melhor filme estrangeiro no AARP Movies for Grownups Awards, organizado anualmente por uma ONG dedicada a questões da terceira idade. O mote do prêmio, que rola no próximo dia 28 de março, é celebrar "filmes para gente grande".

O longa de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles disputa o troféu da sua categoria com "Another Round" (Dinamarca), "Collectiv" (Romênia), "Rosa e Momo" (Itália) e "A Grande Dama do Cinema" (Argentina).

Enquanto isso, nas outras categorias, "Destacamento Blood" e "Os 7 de Chicago", ambos da Netflix, lideram as indicações: ambos receberam seis. "Uma Noite em Miami..." e "A Voz Suprema do Blues" chegaram perto, com cinco lembranças cada.

Veja as principais categorias:

Melhor filme 'para gente grande'

  • "Minari"
  • "Nomadland"
  • "Uma Noite em Miami..."
  • "Os 7 de Chicago"
  • "The United States vs. Billie Holiday"

Melhor filme estrangeiro

  • "Another Round" (Dinamarca)
  • "Bacurau" (Brasil)
  • "Collectiv" (Romênia)
  • "Rosa e Momo" (Itália)
  • "A Grande Dama do Cinema" (Argentina)

Melhor atriz

  • Viola Davis, por "A Voz Suprema do Blues"
  • Sophia Loren, por "Rosa e Momo"
  • Frances McDormand, por "Nomadland"
  • Michelle Pfeiffer, por "French Exit"
  • Robin Wright, por "Land"

Melhor ator

  • Ralph Fiennes, por "A Escavação"
  • Tom Hanks, por "Notícias do Mundo"
  • Anthony Hopkins, por "Meu Pai"
  • Delroy Lindo, por "Destacamento Blood"
  • Gary Oldman, por "Mank"

Melhor atriz coadjuvante

  • Candice Bergen, por "Let Them All Talk"
  • Ellen Burstyn, por "Pieces of a Woman"
  • Glenn Close, por "Era Uma Vez um Sonho"
  • Jodie Foster, por "The Mauritanian"
  • Yuh-Jung Youn, por "Minari"

Melhor ator coadjuvante

  • Demián Bichir, por "Land"
  • Bill Murray, por "On the Rocks"
  • Clarke Peters, por "Destacamento Blood"
  • Paul Raci, por "O Som do SIlêncio"
  • Mark Rylance, por "Os 7 de Chicago"

Melhor direção

  • Lee Daniels, por "The United States vs. Billie Holiday"
  • Regina King, por "Uma Noite em Miami..."
  • Spike Lee, por "Destacamento Blood"
  • Aaron Sorkin, por "Os 7 de Chicago"
  • George C. Wolfe, por "A Voz Suprema do Blues"

Melhor elenco

  • "Destacamento Blood"
  • "A Voz Suprema do Blues"
  • "Uma Noite em Miami..."
  • "Bela Vingança"
  • "Os 7 de Chicago"