PUBLICIDADE
Topo

Juliette perdeu irmã após AVC aos 17 anos e fechou estúdio por covid-19

Juliette, do BBB 21 - Reprodução/Instagram
Juliette, do BBB 21 Imagem: Reprodução/Instagram

Felipe Pinheiro

De Splash, em São Paulo

19/01/2021 18h46Atualizada em 19/01/2021 20h23

A advogada Juliette Freire, 31 anos, realizou o sonho de entrar no "BBB 21" e tem uma história de superação. De origem humilde, ela teve de lidar com muitas dificuldades, como a perda uma irmã de 17 anos por causa de um AVC (acidente vascular cerebral).

A sister, que integra o grupo Pipoca nesta edição do programa, afirma que por isso pode parecer autoritária e acredita que o temperamento pode atrapalhar no confinamento.

Após cursar Letras por alguns anos, desistiu e formou-se em Direito. Atualmente, estuda para ser delegada e, para custear seus sonhos, também atua como maquiadora. É a única dentre cinco irmãos com ensino superior.

No ano passado, por conta da pandemia, ela, que tinha um estúdio de maquiagem com amigas sócias, precisou fechou o negócio.

Bem-humorada e verdadeira

Juliette se define como uma pessoa alto-astral —bem-humorada e verdadeira— e que adora conversar. Ela brinca com seu jeito de gostar de falar pelos cotovelos. "Meu sonho era ser uma mulher misteriosa, fina, centrada. Mas nasci tagarela", diz.

O 'Big Brother Brasil' é a maior oportunidade da minha vida. Vou dar o sangue para conquistar esse prêmio.

A advogada também mostra em suas redes sociais que gosta de uma festa, viajar e de pular Carnaval.