PUBLICIDADE
Topo

Kaysar lamenta estigma de terrorista: 'Porque tenho barba e sou da Síria?'

Kaysar com a irmã, Celine Dadour, em passeio no Rio de Janeiro
Kaysar com a irmã, Celine Dadour, em passeio no Rio de Janeiro
Reprodução/Instagram

Felipe Pinheiro

De Splash, em São Paulo

18/01/2021 04h00

Kaysar Dadour poderá ser visto a partir de hoje (18) na Globo, calma, nada de "BBB" novamente. A emissora leva ao ar nesta semana a minissérie de "Carcereiros", feita em quatro episódios e com cenas inéditas a partir do filme derivado da série de mesmo nome lançado em 2019.

Kaysar como o terrorista Abdou em cena de 'Carcereiros'

Globo/ Ramon Vasconcelos - Globo/ Ramon Vasconcelos
Imagem: Globo/ Ramon Vasconcelos
Continua depois da publicidade

Preconceito

Em bate-papo com Splash, Kaysar, que ficou famoso no "BBB 18", fala sobre o desafio de interpretar um terrorista.

Ele também lamenta que ainda tenha que ouvir "brincadeiras" relacionadas a terrorismo só porque nasceu na Síria, país assolado pela guerra.

Só porque sou da Síria e estou com barba sou terrorista? Não faz sentido. É ruim ser chamado de terrorista porque os terroristas acabaram com meu país. As pessoas não sabem o peso dessa palavra. Ignorância.

No filme, e agora minissérie, Kaysar é o terrorista Abdel, que chega à penitenciária para passar uma noite e é acompanhado de perto pelo agente Adriano (Rodrigo Lombardi). O clima é de tensão o tempo todo.

Globo/ Ramon Vasconcelos - Globo/ Ramon Vasconcelos
Kaysar em cena do filme 'Carcereiros'; que será exibido em formato de minissérie na Globo
Imagem: Globo/ Ramon Vasconcelos
Continua depois da publicidade
Não sou terrorista porque estou fazendo papel de terrorista. Quem acha isso tem a mente pequena. É um trabalho como qualquer outro. É arte.
Kaysar Dadour, ator

Kaysar está ansioso para se rever no seu primeiro trabalho, que ele fez antes de arrancar elogios de crítica e público pela novela "Órfãos da Terra" (2019), que lhe rendeu o Emmy Internacional em 2020.

Ele fez os testes para o elenco logo que saiu do "BBB" e disse que sentiu medo ao ser aprovado.

Liguei para a minha mãe e falei, fui aprovado, vou fazer o que agora?. Ela falou: 'vai com tudo!'.
Kaysar Dadour

Ele agradece ao apoio de toda equipe, especialmente do diretor, José Eduardo Belmonte, e do colega Rodrigo Lombardi, que o recebeu no set com muito carinho. Para encontrar o tom do personagem, afirma que recorreu à lembranças difíceis.

"Chegava ao set e ficava numa cela para conseguir sentir o medo".

Elenco de 'Carcereiros - O Filme' (2019)

Globo/ Ramon Vasconcelos - Globo/ Ramon Vasconcelos
Imagem: Globo/ Ramon Vasconcelos
Continua depois da publicidade
Lembrei de uma cena de quando eu estava fugindo, infelizmente, que prefiro não entrar em detalhes. Fiquei muito bravo porque passei por injustiças.

O sonho de ser ator é antigo, mas ele conta que não podia se desenvolver na profissão pela realidade difícil em seu país natal. Kaysar se refugiou no Brasil em 2014 e possui a cidadania brasileira.

Desde criança tenho sonho de ser ator. Deus deu muita chuva e essa semente brotou. Depois do 'BBB', tive essa oportunidade e agarrei. É algo que amo demais.
Kaysar Dadour

A minissérie será exibida dos dias 18 a 22, exceto quarta-feira. A obra, que além do filme teve duas temporadas em formato de série na Globo, é livremente inspirada no livro "Carcereiros", de Drauzio Varella.