PUBLICIDADE
Topo

65 horas ao vivo e relógio como salário: José Raimundo é o repórter-raiz

José Raimundo
José Raimundo
Instagram

Daniel Palomares

De Splash, em São Paulo

11/01/2021 04h00

José Raimundo Oliveira tem muita história pra contar. O repórter passou nada menos do que 31 anos na TV Bahia, afiliada da Globo no estado, e anunciou seu desligamento da emissora na última semana, após quase um ano em esquema de home office pela pandemia.

jr - Reprodução - Reprodução
Repórter José Raimundo Oliveira
Imagem: Reprodução
Continua depois da publicidade

Paixão pela informação

Apesar da formação em sociologia, Zé Raimundo já atuava como jornalista em uma rádio e depois, em 1978, na TV Itapoan, emissora da Rede Tupi. Com a empresa à beira da falência, ele não recebia salário, mas trabalhava pelo amor ao jornalismo.

No fim do mês, eu recebia um relógio ou um produto qualquer que o departamento comercial conseguia no sistema de permuta. Minha sorte é que eu não dependia desse trabalho na televisão. Mas eu fazia por amor, sempre gostei muito de ser repórter.

Zé Raimundo, ao 'Memória Globo'

jr2 - Reprodução - Reprodução
José Raimundo Oliveira
Imagem: Reprodução

Baiano sim senhor

Ao longo da carreira, Zé Raimundo sempre fez questão de desbravar as melhores histórias do Nordeste, especialmente de sua terra natal, a Bahia. Suas reportagens no Jornal Nacional e no Globo Repórter apresentaram as belezas e desafios da região.

Sou sertanejo e me identifico muito com essa região. Desculpem a falta de modéstia, mas conheço o Vale do Rio São Francisco quase como a palma da minha mão. A área territorial da Bahia é do tamanho da França. É um caldeirão de pautas que nos ajuda muito a descobrir e contar boas histórias

Continua depois da publicidade
jr3 - Acervo Globo/Reprodução - Acervo Globo/Reprodução
José Raimundo ficou 31 anos na TV Bahia
Imagem: Acervo Globo/Reprodução

Prêmio internacional

O reconhecimento não ficou só no nosso país. Em 1994, ao lado de Marcelo Rezende, recebeu o diploma de honra ao mérito do Festival de Filme e Televisão de Nova York pela reportagem "Trabalho do Menor", sobre trabalho infantil.

Dedicação total

Em 1995, durante a cobertura da caçada ao sequestrador Leonardo Pareja, em Salvador, Zé Raimundo passou 65 horas seguidas de olho em cada passo do caso, entrando ao vivo no "Domingão do Faustão" e no "Fantástico".

fam - Instagram - Instagram
José Raimundo Oliveiro e família
Imagem: Instagram

Versão família

No Instagram, Zé Raimundo adora compartilhar cliques de suas viagens, mas o que enche mesmo seu coração é o tempo pertinho da família. Ele sempre mostra momentos de intimidade com a mulher, Márcia, junto dele há 28 anos, e o filho, Pedro.

Continua depois da publicidade

Falando no filhão...

Zé Raimundo produziu um galã! Pedro Machado arranca suspiros dos mais de 2 mil seguidores com suas fotos ao redor do mundo, sempre surfando e curtindo a vida.

Já deixou saudade!

Zé Raimundo coleciona momentos inesquecíveis numa carreira de mais de três décadas e já imprimiu sua marca no jornalismo brasileiro. Pelas redes sociais, ao contar a notícia do fim do contrato, ele garantiu que essa história não acaba por aqui.

O horizonte é indefinido por enquanto. E desafiador. E? hora de pensar e avaliar. E daqui a pouco pegar a estrada novamente. Aliás, novas estradas pela frente. E ainda muita história pra contar.