PUBLICIDADE
Topo

Carla Diaz fala sobre papel de Suzane von Richthofen: 'Tive que me isentar'

Carla Diaz é Suzane Von Richthofen em A Menina Que Matou Os Pais
Carla Diaz é Suzane Von Richthofen em A Menina Que Matou Os Pais
Stella Carvalho/Divulgação

Guilherme Lucio da Rocha

De Splash, em São Paulo

05/12/2020 20h20

O filme que contará o caso von Richthofen terá duas partes. Em "A Menina Que Matou os Pais", conheceremos a versão de Suzane para os assassinatos dos seus pais, Manfred e Marísia. Já em "O Menino Que Matou Meus Pais", teremos a versão de seu namorado, Daniel Cravinhos.

Nos dois filmes, Suzane será interpretada por Carla Diaz. Hoje (5), durante painel na CCXP com a presença também dos roteiristas Ilana Casoy e Raphael Montes, a atriz comentou sobre como foi interpretar essa figura marcada por um crime que chocou o Brasil.

Continua depois da publicidade
Filmes mostrarão situações como a relação familiar dos Richtofen, o assassinato e o julgamento dos responsáveis pelo crime - Stella Carvalho/Divulgação - Stella Carvalho/Divulgação
Filmes mostrarão situações como a relação familiar dos Richtofen, o assassinato e o julgamento dos responsáveis pelo crime
Imagem: Stella Carvalho/Divulgação

Eu sabia que ia ser um desafio desde que aceitei fazer o teste, mas sabia que teria em mãos um personagem que iria me instigar artisticamente. Foi uma busca muito grande e intensa de referências. Mas, em primeiro lugar, tive que me distanciar do caso real. Tive que me isentar.

Além de assinar o roteiro do filme, Ilana acompanhou de perto a investigação policial e escreveu um livro contando detalhes do crime.

Segundo ela, a intenção inicial dos roteiristas era contar as versões num único filme. Mas a Galeria Distribuidora os convenceu a deixarem as verões separadas.

Cada filme terá cerca de 80 minutos. Momentos que que são consenso entre Suzane e Daniel, como o encontro da família Cravinho com os Von Richthofen, estarão presentes numa narrativa única.

Os atores, inclusive, tiveram que interpretar cenas iguais, mas sob diferentes perspectivas.

Continua depois da publicidade

Não é simples, não é só dividir um roteiro pela metade. Foi preciso criar uma nova curva dramática, as cenas que os dois concordam, as cenas que só existem em uma ou outra. Espera que as pessoas tenham esse cuidado de assistir os dois para entender como tudo pode ser verdade e mentira.

O crime

Em 31 de outubro de 2002, Manfred e Marísia von Richthofen foram assassinados em São Paulo. Na época com 18 anos, Suzane liberou a entrada de seu namorado, Daniel Cravinhos, e o irmão dele, Cristian, para que assassinassem seus pais a marretadas.

A sentença dos três acusados saiu no dia 22 de julho de 2006. Suzane e o namorado receberam uma condenação de 39 anos e seis meses e Cristian foi condenado a 38 anos e seis meses,