PUBLICIDADE
Topo

Mel Maia apaga vídeo sobre assédio após críticas nas redes sociais

A atriz Mel Maia, que completou 16 anos
A atriz Mel Maia, que completou 16 anos
Reprodução / Instagram

De Splash, em São Paulo

25/11/2020 21h11

A atriz Mel Maia, de 16 anos, apagou hoje um vídeo em que ironizava o assédio sexual e afirmou que fez isso para não confundir seus seguidores.

No vídeo apagado, a atriz aparecia vestida com uma calça e um casaco no vídeo, que vinha acompanhado da legenda "como não ser assediada". No Twitter, a questão foi bastante comentada por usuários que lembraram que o assédio sexual ronda mulheres independentemente da roupa utilizada.

Continua depois da publicidade

Confira alguns dos comentários feitos na rede social:

Não sei quem é Mel Maia, mas alguém avisa pra ela que mulher é assediada até usando burca.

Mel Maia???? Desde quando roupa define algo? Sei que é nojento o que a gente passa e as vezes optamos por usar algo "comportado" pra evitar sofrer esse tipo de coisa, mas a verdade é que nós SEMPRE vamos estar sujeitas a isso. Não importa a roupa que vestirmos.

Mel Maia - REPRODUÇÃO/INSTAGRAM - REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Imagem: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Mel Maia afirmou que o vídeo era uma ironia e reforçou que mulheres sofrem assédio independentemente da roupa. Ela explicou a situação com uma sequência de stories no Instagram.

Toda mulher sabe que mulher é assediada de burca, de calça, de shorts. O erro não é a mulher, o erro não é a roupa. Só pra deixar isso claro pra vocês.

Continua depois da publicidade

Eu vi que tinha algumas pessoas comentando sobre o meu vídeo da roupa e foi mais uma ironia mesmo. Eu preferi tirar o vídeo para vocês não entenderem errado.

mel maia faz 16 anos - Instagram/@melissamelmaia - Instagram/@melissamelmaia
Imagem: Instagram/@melissamelmaia

Episódio de transfobia

Com o vídeo, algumas pessoas lembraram no Twitter de uma fala transfóbica que teria sido feita por Mel Maia no começo do ano. Na época, ela foi acusada de chamar a atriz transexual Victoria Collen de "traveco".

Mel Maia foi às redes sociais para se defender, explicando que foi uma outra pessoa, em mensagem de áudio, que fez o comentário transfóbico.

Mais tarde, Victoria admitiu que houve um mal-entendido entre ela e Mel, e que uma terceira pessoa tentou jogar uma contra a outra — terminando a história com Mel e Collen reatando.

Continua depois da publicidade

De início, não chamei a Collen de traveco! Quem chamou foi o Joaoty, exposto no Twitter ultimamente pelas suas mentiras (que inclusive desativou o Instagram depois disso). Eu gravei minha ligação com o Joaoty e mandei para uma amiga que estava preocupada comigo.