PUBLICIDADE
Topo

Miley Cyrus ficou sóbria por medo de morrer aos 27 anos como Amy Winehouse

Miley Cyrus completou 28 anos ontem - Reprodução
Miley Cyrus completou 28 anos ontem Imagem: Reprodução

De Splash, em São Paulo

24/11/2020 11h24Atualizada em 24/11/2020 20h33

A cantora Miley Cyrus contou que decidiu seguir uma rotina sem drogas e álcool devido ao medo de morrer aos 27 anos igual a outros artistas.

Miley, que completou 28 anos ontem, disse que "se protegeu" ao longo do ano.

"Isso realmente me fez querer ficar sóbrio, porque perdemos muitos ícones aos 27. É um momento muito importante", disse em entrevista ao New Music Daily, da Apple Music.

O medo da artista era entrar no "Clube dos 27", termo que se refere ao número alto de cantores que morreram na idade envolvidos com tragédias, como Amy Winehouse, Jimi Hendrix , Kurt Cobain e Jim Morrison, por exemplo.

"Você vai para o próximo capítulo ou é isso", disse.

Contudo, Miley admitiu que teve recaídas durante o processo e que deixou de ter raiva de si mesma para procurar entender o porquê de recair.

"Eu caí e percebi que agora estou de volta à sobriedade, duas semanas sóbrio, e eu sinto que realmente aceitei aquele tempo. Uma das coisas que usei foi: 'Não fique furioso, fique curioso'. Não fique com raiva de si mesmo, mas pergunte-se: 'O que aconteceu?'", contou

Ela ainda defendeu que as pessoas possam usufruir do que bem entenderem, e que a questão é sobre a quantidade e o impacto do uso na vida delas.

"Eu não acho que todo mundo tem que estar sóbrio pra c.... Acho que todos têm que fazer o que é melhor para eles. Não tenho problema em beber. Tenho um problema com as decisões que tomo depois", completou.