PUBLICIDADE
Topo

Assédio, romances e decepções: as polêmicas do novo livro de Claudia Raia

Claudia Raia
Claudia Raia
Tato Belline/Divulgação

Daniel Palomares

De Splash, em São Paulo

20/11/2020 04h00

Claudia Raia tem muita história pra contar. Tantas que até viraram livro! Em "Sempre Raia um Novo Dia", Claudia narrou a Rosana Hermann o início da carreira como bailarina, o despontar como atriz, seus romances, viagens, perdas e decepções.

Splash te conta o que esperar da vida atribulada da estrela.

Continua depois da publicidade

Relação conturbada

O relacionamento entre Raia e Alexandre Frota já começou turbulento no dia do casamento. Depois de cinco anos juntos, eles passaram por um divórcio litigioso. A atriz sofria com a marcação cerrada do ex, e chegou a jogar todas as roupas dele na Lagoa Rodrigo de Freitas!

rf - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Claudia Raia e Alexandre Frota
Imagem: Reprodução/Instagram

Romance com Jô

Claudia fala com carinho de Jô Soares, a quem chama de primeiro amor. Mesmo quase 30 anos mais velho, ele se envolveu com a atriz antes mesmo que ela completasse 18 anos.

Adorava tudo nele. O jeito, o cheiro, o beijo, as coisas que ele falava; eu não conseguia conceber a ideia de viver sem ele.

Continua depois da publicidade

Precoce

Claudia Raia teve coragem desde cedo para encarar qualquer desafio. Ainda na adolescência, se mudou sozinha para os EUA, estudou, trabalhou e... perdeu a virgindade. Aos 13. Com o namorado da irmã, que tinha seus 32 anos!

Sei que a ideia de uma menina tão jovem com um homem tão mais velho não apenas causa um grande desconforto como, desde 1990, tipifica crime de estupro de vulnerável. Aos 13, eu fumava, transava e me achava totalmente madura. Realidade: ainda chupava chupeta escondida.

Assédio

Vivendo em Nova York no início dos anos 1980, Claudia passou por situações traumáticas: foi vítima de um ataque sexual na rua e também foi assediada pelo pai da família da casa onde vivia, no Bronx.

A violência física, o abuso e a tentativa de abuso sexual é um trauma para a vida. Você se sente impotente, frágil. Por último, vem um sentimento contra o qual toda vítima tem que lutar: a culpa. Me senti desamparada.

Playboy

Raia posou nua para a "Playboy" antes de completar 18 anos, em 1984. O ensaio, porém, teve consequências complicadas para ela e até para sua mãe, que perdeu boa parte dos alunos de sua academia de dança.

Continua depois da publicidade

Os comentários moralistas eram do tipo 'pronto, agora virou prostituta'. Fui rejeitada em muitas campanhas publicitárias por ter sido capa da "Playboy".

pb - Reprodução - Reprodução
Claudia Raia, estrela a "Playboy" de 1984, usando biquíni asa-delta vermelho
Imagem: Reprodução

Só mostrar a bunda?

Em sua primeira novela, "Roque Santeiro", Raia se incomodou ao ser vista só como uma sex symbol e lutou para ser reconhecida como atriz e ganhar mais destaque na trama. A dançarina Ninon acabou virando febre no Brasil.

Eu vim aqui perguntar se fazer novela é só mostrar a bunda, porque, se for, prefiro voltar para a linha de shows.

desabafou Claudia, em conversa com o diretor Paulo Ubiratan (1947-1998)

nin - Divulgação - Divulgação
1985 - Em "Roque Santeiro", quando Matilde (Yoná Magalhães) trouxe do Rio de Janeiro duas dançarinas, Ninon (Claudia Raia) e Rosaly (Ísis de Oliveira), as beatas da cidade, lideradas por Pombinha (Eloísa Mafalda), tentaram impedir o funcionamento da boate
Imagem: Divulgação
Continua depois da publicidade

O inferno Collor

No início dos anos 1990, Raia viu sua vida se transformar num caos graças a sua amizade com o então presidente Fernando Collor. Antes que os escândalos estourassem e ele renunciasse ao cargo, ela teve que lidar com boatos de que teriam um caso e até que fosse portadora de HIV.

Fernando Collor de Mello foi eleito presidente no dia 17 de dezembro de 1989. Nos três anos que se seguiram, senti na pele, na carne, no bolso e na alma o que é ser discriminada, desprezada, vaiada e caluniada injustamente.

Nas pirâmides com Silvio

No livro, Claudia descreve várias viagens que realizou ao redor do mundo. Uma delas foi um cruzeiro de 40 dias pelo Egito, Israel, Turquia e Grécia. Ela só não esperava encontrar Silvio Santos por lá!

Quando estávamos chegando na pirâmide de Quéops, quem estava parado na porta? Sim, ele, de short verde e camisa florida: Silvio Santos. Silvio foi na minha frente, o que significava que minha visão interna da pirâmide era a bunda verde do Homem do Baú. Não conseguia me concentrar!

Continua depois da publicidade
sil - Reprodução/SBT - Reprodução/SBT
Silvio Santos
Imagem: Reprodução/SBT

Decepções

Apesar de suas inúmeras novelas de sucesso, nem sempre a experiência de Claudia na TV foi a melhor. Ela se arrepende de ter insistido em participar de "Terra Nostra" (1999), com um personagem que nunca decolou.

Minha personagem ficou seis meses grávida na novela. Houve um dia em que eu estava tão desconsolada, sentada em um banquinho do Projac com aquela barriga postiça que perguntei para mim mesma: 'O que estou fazendo aqui? Por que fui fazer isso comigo?'

terra - Divulgação/TV Globo - Divulgação/TV Globo
Giuliana (Ana Paula Arósio) e Matteo (Thiago Lacerda) em Terra Nostra (divulgação)
Imagem: Divulgação/TV Globo

Separação

Após 17 anos de união, o fim do casamento entre Claudia e Edson Celulari em 2010 chocou o Brasil todo. Não foi diferente para os filhos e amigos do casal. A notícia da separação abalou Enzo, Sophia, filhos dos dois, e colegas de trabalho.

Continua depois da publicidade

Quando meus amigos de elenco de 'TiTiTi' souberam, Denise Saraceni foi me procurar no set, Cleo Pires chorou, Fernanda Montenegro atravessou todos os estúdios para me consolar. Sophia ficou muito abalada e teve que contar com terapia. Ninguém poderia imaginar que nosso casamento acabaria. Nem nós.

eds - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
Edson Celulari e Claudia Raia em "Celebridade"
Imagem: Reprodução/TV Globo