PUBLICIDADE
Topo

Esse youtuber é famoso há anos, mas só revelou o seu rosto verdadeiro agora

O youtuber Rato Borrachudo tira a máscara
O youtuber Rato Borrachudo tira a máscara
reprodução/Instagram

Ana Carolina Silva

De Splash, em São Paulo

18/11/2020 04h00

Os jovens conhecem Rato Borrachudo há muito tempo: youtuber brasileiro da "velha guarda", pioneiro que soma quase 5 milhões de inscritos. Ele, que agora chamamos de Douglas, fez live para 140 mil espectadores simultâneos e tirou a máscara que escondeu seu rosto por uma década.

Uma máscara de rato que ele usava em vídeos, viagens, eventos com multidões que se reuniam em volta dele, em programas de TV (até na Globo), em seu próprio talk show na internet...

Continua depois da publicidade

Douglas começou a usá-la para proteger seu anonimato, já que, na época, ele trabalhava com business inteligence —seu papel era entregar relatórios de inteligência, e os outros não confiariam em um profissional que gravava vídeos quase "histéricos" jogando videogame.

Em entrevista a Splash, ele contou que já sonhava em mostrar o rosto desde 2015 e até começou a escrever um livro para acompanhar esse processo; ser obrigado a estar sempre mascarado —e suado— era sofrido. Mas Douglas encarou um pesadelo em 2020 para criar coragem de mostrar a cara.

Como tirar a máscara e sair da zona de conforto? Mas eu vivi uma situação que dividiu o átomo. Se eu tentasse planejar, não ia sair do jeito que saiu. Nunca, jamais teria essa comoção pública. Boa parte do YouTube soube que o cara que estava perdendo o canal não era o Rato, era o Douglas.

A situação citada foi uma série de "strikes" (punições do YouTube por infrações de copyright) que recebeu no primeiro canal, o do Rato Borrachudo. Como não podia publicar mais vídeos lá, ele foi obrigado a criar uma conta nova e desabafar com o público. Na cara e na coragem.

Continua depois da publicidade

Somando diferentes plataformas, como YouTube e Twitch, a live em que ele tirou a máscara atraiu mais de 140 mil espectadores simultâneos, pessoas que viram tudo ao vivo e se emocionaram com Douglas. A adrenalina foi tão grande que ele chegou a passar mal.

Senti medo, lógico! Você não teria? Tinha 145 mil pessoas me assistindo. A ansiedade estava no talo, deu dor de barriga. Eu fui ao banheiro, fiz o que tinha que fazer e voltei de mão lavada, rosto lavado, aliviado, 'vambora'. Se não mostrasse o rosto ali depois de prometer, ia tomar pau.

É importante explicar por que o momento foi tão importante: não era questão de ver o rosto de Douglas —já tinha foto vazada—, era a libertação de um dos personagens mais antigos do YouTube brasileiro. Por baixo da máscara, ele sofreu e suou, mas disse que daria um abraço no Rato.

Continua depois da publicidade

Daria um abraço nele, pode ter certeza. O bichinho foi guerreiro, mano. Sei que sou eu, mas realmente trato como outra personalidade. Todo dia fazendo aquilo para alimentar as redes sociais... Eu daria um abraço muito apertado no Rato Borrachudo. Ele formou a minha vida.

Quase todo influenciador usa uma "máscara" invisível. E não é uma crítica: criadores de conteúdo são profissionais, e aquele é o trabalho deles. Um youtuber não pode mostrar para a audiência que está em um dia de mau humor, por exemplo. Mas Douglas se sente como um novato.

Sou um influenciador que tem milhões de seguidores, mas não sabe lidar com esses milhões de seguidores. O influenciador 'normal' vai crescendo e se comporta de acordo com o crescimento, então já é muito testa de ferro. No meu caso, imagine um recém-nascido indo para a guerra. Eu me sinto assim!

Continua depois da publicidade

Eu não sei como vou me sentir nos eventos. Mas agora tem duas frentes de negócio: Rato Borrachudo e Douglas. Essa distinção tem que continuar sempre. Meu sonho é ver o Rato patrocinado por uma marca e o Douglas sendo patrocinado pela concorrência. Se a gente conseguir isso, é trabalho bem feito.