PUBLICIDADE
Topo

Gizelly cogitou tirar mamas e rifa pijamão do 'BBB' por vítimas de câncer

Gizelly Bicalho brilhou no BBB esse ano
Gizelly Bicalho brilhou no BBB esse ano
Gustavo Lima/Divulgação

Renata Nogueira

De Splash, em São Paulo

31/10/2020 04h00

Gizelly Bicalho está pronta para se desfazer do pijamão rosa que fez sucesso no "BBB 20". A peça que virou meme está sendo rifada entre fãs da capixaba para arrecadar fundos para a Santa Casa de Vitória, hospital referência no tratamento de vítimas do câncer de mama no Espírito Santo.

Continua depois da publicidade

Embaixadora da campanha Unidos Pela Mama, Gizelly se viu frente a frente com a condição neste ano. Pouco depois de sair do BBB, sua avó, Madalena Bicalho, foi diagnosticada com câncer de mama.

Minha avó começou a sentir queimação e dor no lado direito da mama, no mesmo lugar onde doía e queimava o meu peito quando eu estava no BBB Gizelly Bicalho

Dona Madalena fez a cirurgia para a retirada do nódulo maligno e agora começa a fase de radioterapia. Segundo Gizelly, a avó ficou muito assustada e para baixo quando soube da doença, mas hoje tem o apoio dos fãs da neta e está animada para seguir em frente. Ela até ganhou uma conta no Instagram.

Já a ex-BBB sofre com nódulos nos seios desde os 13 anos de idade (ela tem 29) e até já conversou com médicos sobre mastectomia completa, procedimento para a retirada total das mamas como forma de prevenção. Mas foi desencorajada por fazer acompanhamento constante e nunca ter tido um nódulo maligno.

Continua depois da publicidade

Passou isso pela minha cabeça [fazer mastectomia]. Cheguei na minha mastologista e no cirurgião e falei: 'Quero tirar tudo'. Só que não é uma coisa assim tão simples. Precisa de um rastreamento total.

Gizelly já retirou nódulos dos seios em três ocasiões e faz acompanhamento médico e ultrassom das mamas todos os anos de forma preventiva. As biópsias apontaram a característica benigna dos nódulos, mas mesmo assim ela confessa ter sentido medo.

gizelly - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Dessa última vez, me deu muito medo porque doía e queimava exatamente como a minha avó sentia. Tenho silicone e mesmo com a prótese eu conseguia tocar o nódulo. O maior deles tinha 3,4 cm. E quando o cirurgião abriu para tirar ainda descobriu outros nódulos em formação. Me assustou muito.

Continua depois da publicidade

Por isso, Gizelly destaca a importância de usar a visibilidade que ganhou no reality show para apoiar campanhas beneficentes, especialmente em apoio às mulheres. Junto com os Furacões Solidários, grupo encabeçado por dez fãs dela, a advogada arrecada todo mês R$ 10 mil para doar a uma instituição.

O pijamão rosa é o prêmio principal da rifa do Outubro Rosa, que termina hoje. A meta para esse mês é maior. R$ 650 mil para ajudar a Santa Casa de Vitória. Outras ex-BBBs, como Marcela McGowan, também colaboraram. A médica —que se aproximou de Gizelly no programa— doou uma roupa para ser rifada.

Creio que uma das minhas missões na Terra é ajudar outras mulheres. Por isso todos os trabalhos sociais que venho fazendo são voltados para elas.