PUBLICIDADE
Topo

Inês Brasil faz 51 anos; por que ela continua sendo uma boa ideia

Inês Brasil, também conhecida como 'Panterona', rainha da internet e musa dos gays
Inês Brasil, também conhecida como 'Panterona', rainha da internet e musa dos gays
Reprodução/Facebook

De Splash, em São Paulo

25/10/2020 04h00

Hoje é 25 de outubro. Dia da Democracia, do Dentista Brasileiro, do Sapateiro. Mas nenhum desses dias se compara ao dia do aniversário de Inês Brasil. Sim! A rainha —calma, fãs de Gretchen— da internet está fazendo 51 anos hoje. E nem parece.

Continua depois da publicidade

Pra quem não conhece, Inês é uma cantora, compositora, dançarina, vlogueira e webcelebridade. Ganhou fama em 2012, depois que o vídeo de sua inscrição para o BBB vazou. Ela pode não ter entrado para o programa, mas ficou para a história da internet.

Mas por que ela é uma boa ideia?

Porque é uma mulher negra, ex-dançarina, que passou por muita dificuldade antes do estrelato. Você sabia que ela chegou a se prostituir para sobreviver, antes de se casar com o diretor de fotografia alemão Christian Karp e depois que se separou dele?

Inês é sinônimo de meme, tropicadas e muita alegria

E estamos precisando muito neste difícil 2020, né? Vamos combinar.

Continua depois da publicidade

E se você não entende o humor "tosqueira" e involuntário desta rainha, tudo bem. Mas talvez precise assistir a uns clipes antigos dela para entender de onde tudo veio (sim, Inês lança vídeos e músicas há muito tempo, desde 2002).

Reparem neste show de criatividade e malemolência com fundo chroma key

Outra lição dela para o mundo moderno: Inês Brasil símbolo de diversidade e é musa dos LGBTQ+, em uma época marcada por ódio e reacionarismo exagerado em parte da sociedade brasileira. Isso é importante, sim!

Não bastasse tudo isso, Inês ainda tem um canal no YouTube em que posta clipes e onde já se pronunciou sobre assuntos atuais e polêmicos, como racismo e homofobia. Falando daquele jeitinho despachado dela. Claro, né?

Continua depois da publicidade

E não poderíamos deixar de mencionar o lado humano da "ídola"

Ela já manifestou apoio ao então candidato Jair Bolsonaro (sem partido), e depois o criticou na internet. Provavelmente faria o mesmo com políticos de outras ideologias. Em tempos polarização, nada mais humano do que dar o braço a torcer.

E o que dizer então deste tuíte? Rainha!

Continua depois da publicidade

Resumindo: esta é a Inês Brasil. Alguém que, mesmo em situações de estresse extremo, como no dia em que caiu em uma pegadinha na TV, sempre procura espalhar palavras positivas e desejar coisas boas a quem merece. E nós merecemos a Inês.

Ainda mais quando ela grava um vídeo de divulgação oficial para a série 'Orange Is the New Black', da Netflix.

Ou quando ela resolveu testar a pressão do refrigerante no meio da rua. Dá-lhe, Inês Brasil!