PUBLICIDADE
Topo

Gay em 'Sex and the City', ator achava que se assumir hétero seria ofensivo

Willie Garson e Sarah Jessica Parker como Stanford e Carrie em "Sex and the City" - Reprodução
Willie Garson e Sarah Jessica Parker como Stanford e Carrie em 'Sex and the City' Imagem: Reprodução

De Splash, em São Paulo

23/10/2020 10h56

Stanford Blatch é um dos "melhores amigos gays" mais famosos da televisão. Companheiro inseparável de Carrie Bradshaw em "Sex and the City", o personagem foi interpretado pelo ator hétero Willie Garson, que revelou ter passado anos sem falar diretamente sobre sua sexualidade por achar que seria "ofensivo".

Eu não gostava quando atores que interpretavam personagens gays faziam questão de dizer que eram heterossexuais. Isso implica que haveria algo errado se eles fossem gays também. Quando algum repórter me perguntava, eu dizia: 'Quando fiz a série 'White Collar', ninguém me perguntou se eu era um trapaceiro de verdade. Quando fiz 'NYPD Blue', ninguém me perguntou se eu realmente era um assassino'."
Willie Garson explica sua posição ao Page Six

09.02.2020 - Willie Garson na festa do Oscar de Elton John, em West Hollywood (EUA) - John Sciulli/Getty Images for Neuro Brands - John Sciulli/Getty Images for Neuro Brands
09.02.2020 - Willie Garson na festa do Oscar de Elton John, em West Hollywood (EUA)
Imagem: John Sciulli/Getty Images for Neuro Brands

Dificuldades amorosas

A colocação de Garson, no entanto, atrapalhou um pouco sua vida amorosa. Ele contou na entrevista que, por muitos anos, se aproximava de mulheres por quem se interessava em situações sociais e "percebia que elas só queriam ser melhores amigas do Stanford".

Ele disse, no entanto, que acabou de sair de um longo relacionamento, e que também é pai: de Nathen, um garoto de 19 anos que adotou em 2009.

Eu sempre quis um filho. Eu tive um relacionamento longo, terminávamos e reatávamos o tempo todo pelos últimos 20 anos, e ela nunca quis ser mãe. Não há problema nenhum nisso, mas eu tive uma espécie de crise de meia-idade e queria muito um filho. Então adotei. Sou um pai muito 'parceiro', eu e ele somos grandes amigos."
Willie Garson fala sobre paternidade