PUBLICIDADE
Topo

Regiane Alves lembra surra em 'Mulheres Apaixonadas': 'Fui embora chorando'

Doris (Regiane Alves) apanha do pai Carlão (Marcos Caruso) em 'Mulheres Apaixonadas'
Doris (Regiane Alves) apanha do pai Carlão (Marcos Caruso) em 'Mulheres Apaixonadas'
Gianne Carvalho/Globo

Daniel Palomares e Marcela Ribeiro

De Splash, em São Paulo e no Rio

20/10/2020 04h00

Regiane Alves guarda na memória detalhes da cena em que Dóris, sua personagem em 'Mulheres Apaixonadas', levou uma surra do pai Carlão (Marcos Caruso) na novela.

"Acabei a cena e fui embora chorando, entrei no camarim e o Ricardo [Waddington] falou para eu ter calma, que era muito importante".

Continua depois da publicidade

A cena da surra de cinto precisou ter uma parte regravada. No primeiro dia foi usado um cinto cenográfico, mas o diretor, Ricardo Waddington, optou por usar o objeto de verdade.

Saí exausta e o Caruso também, porque era uma cena violenta. O diretor quis regravar a cena com um cinto de verdade.

Dóris apanhou do pai após humilhar os avós na portaria do prédio. Carlão perguntou se ela tinha o objetivo de matar a família de desgosto e ela responde sem dó. "Era o melhor que vocês poderiam fazer! Morrer! Morrer todo mundo!". Arrasado, o pai dá as últimas lambadas e aconselha a filha a mudar.

Continua depois da publicidade

A atriz lembra que Dóris cresceu mais do que o próprio autor Manoel Carlos imaginava.

Ele me perguntou o que eu imaginava para o final dela? Falei: 'não tenho como imaginar o final. Como vou matar o personagem que está comigo? Tem personagem que são maiores que a gente, somos só um mensageiro.