PUBLICIDADE
Topo

Emmy

Tudo sobre a maior premiação da TV mundial


Laverne Cox faz discurso de protesto e parte da declaração fica sem som

Laverne Cox apresentou ontem prêmio para o Melhor Roteiro em Série Dramática
Laverne Cox apresentou ontem prêmio para o Melhor Roteiro em Série Dramática
Getty Images

De Splash, em São Paulo

21/09/2020 11h05Atualizada em 21/09/2020 12h43

A atriz Laverne Cox foi supostamente censurada durante seu discurso antes da entrega do prêmio de Melhor Roteiro em Série Dramática na cerimônia de ontem. Laverne fez duras críticas à organização por pouca representatividade LGBTQI+ — o Emmy ignorou o elenco trans da série "Pose".

Continua depois da publicidade

Antes de anunciar os indicados, Laverne disse:

Sou a prova viva do sonho americano de que qualquer um neste país pode perder o Emmy quatro anos na mesma categoria e ainda de alguma forma acabar neste palco entregando um prêmio para alguém que provavelmente não [...]"

No final da frase, o som do microfone de Laverne é cortado e não é possível entender o que ela afirmou. Momento depois, o som é retomado e a atriz encerra a apresentação.

O que acontece com um sonho americano adiado? Ele murcha como uma uva passa no sol? Siga o roteiro, Laverne, siga o roteiro. E agora aqui estão os indicados para Roteiro de Série Dramática.

Continua depois da publicidade

A Academia de Televisão divulgou o discurso de Laverne na íntegra e sem o corte no microfone durante o discurso no seu canal no YouTube.

Nele, é possível entender que Laver disse:

"Sou a prova viva do sonho americano de que qualquer um neste país pode perder o Emmy quatro anos na mesma categoria e ainda de alguma forma acabar neste palco entregando um prêmio para alguém que provavelmente não votou em mim".

Laverne foi indicada pela primeira vez em 2014 para Melhor Atriz Convidada em Série de Comédia pelo papel em "Orange Is The New Black" — a primeira atriz trans a ser indicada.

Continua depois da publicidade

Em 2020, ela foi indicada na categoria de Melhor Atriz Convidada em Série Dramática — vencida por Cherry Jones.