PUBLICIDADE
Topo

Fefito lista 5 momentos icônicos da TV brasileira com 'guerra' e realities

Fausto Silva no Domingão do Faustão (Reprodução/TV Globo).
Fausto Silva no Domingão do Faustão (Reprodução/TV Globo).
Reprodução/TV Globo

Colaboração para Splash, em São Paulo

18/09/2020 04h00

Prepare o bolo e as velinhas porque a TV brasileira está fazendo aniversário nesta sexta (18). Já são 70 anos que a programação nas telinhas faz parte de nossas vidas.

Continua depois da publicidade

A data, claro, não poderia passar em branco no "OtaLab" no UOL da última quinta-feira, não é mesmo? Por isso, Fefito fez um top 5 com os momentos icônicos da nossa televisão.

Hebe Camargo e o 1º programa feminino

Já começamos com a Rainha da TV brasileira. Em 1955, Hebe entrou no ar na TV Tupi de São Paulo com "O Mundo é das Mulheres" —uma espécie de talk show com várias mulheres entrevistando um homem.

Continua depois da publicidade

O programa foi um sucesso na época e deu voz a várias mulheres. Pioneira que fala, né?

1ª novela a cores

"O Bem-Amado" foi a primeira novela a cores da TV brasileira. A produção foi exibida pela Rede Globo entre janeiro e outubro de 1973.

A novela escrita por Dias Gomes abordava o coronelismo e a corrupção no Brasil. E a produção sofreu com a censura: 37 capítulos tiveram de ser cortados.

Continua depois da publicidade

E por falar em novela, não tem como deixar "Roque Santeiro" de fora da lista.

Roque Santeiro - Reprodução - Reprodução
Cena da novela Roque Santeiro (1985)
Imagem: Reprodução

A primeira versão da novela estrearia em 1975, mas parou na censura. Dez anos depois, ela foi refeita e contou com Regina Duarte e Lima Duarte.

Continua depois da publicidade

Quem matou Odete Roitman?

Uma novela que bombou entre 1988 e 1989 foi "ValeTudo". Todo mundo queria saber quem havia matado Odete Roitman.

O sucesso foi tanto que, depois disso, várias novelas passaram a repetir a fórmula de assassinato e mistério.

E ah, se você não viu, aqui vai um spoiler: foi Leila, personagem interpretada por Cássia Kiss, quem matou a vilã.

Continua depois da publicidade

Faustão X Gugu

A guerra de audiência entre Faustão e Gugu Liberato também rendeu um capítulo à parte na TV brasileira. A disputa era ponto a ponto no Ibope.

Mas convenhamos que a briga pela atenção dos telespectadores às vezes passava do limite.

Continua depois da publicidade

Em 1997, Faustão exibiu um sushi erótico e chocou até a própria emissora.

Gugu não ficava atrás e também já deu suas bolas fora, como a entrevista falsa com homens que se passaram por integrantes do PCC. O episódio rendeu multa e até suspensão temporária do programa.

Mas, fora das telinhas, os dois eram bons amigos.

Continua depois da publicidade

A era dos reality shows

Não tem como deixar os reality shows de fora. E tudo começou no ano 2000, com "No Limite". Inesquecível, né?

No limite - Divulgação/TV Globo - Divulgação/TV Globo
zeca camargo no limite
Imagem: Divulgação/TV Globo

Depois do sucesso, a Globo decidiu seguir apostando no formato e comprou os direitos do "Big Brother Brasil". Mas...

Continua depois da publicidade

... Silvio Santos deu um "furo" na emissora concorrente e lançou a "Casa dos Artistas", um reality que juntou um monte de gente famosa.

A treta entre as emissoras foi tão grande que a Globo conseguiu tirar a atração do ar por alguns dias. Com direito a tela azul e tudo no SBT.

O resto é história: "BBB", "A Fazenda", "Masterchef", "De Férias Com o Ex"... É reality que não acaba mais!

Continua depois da publicidade