PUBLICIDADE
Topo

Kanye West diz que artistas negros são escravizados: 'Eu sou o novo Moisés'

Kanye West usou o Twitter na noite de ontem para fazer alguns desabafos
Kanye West usou o Twitter na noite de ontem para fazer alguns desabafos
Taylor Hill/FilmMagic

De Splash, em São Paulo

15/09/2020 09h06

Kanye West voltou a desabafar nas redes sociais. Na noite de ontem, o rapper e empresário foi ao Twitter para dizer que artistas e atletas negros são escravizados nos Estados Unidos. Ele também abordou temas como Deus, dinheiro e conspirações de gravadoras.

Continua depois da publicidade

Eu preciso ver os contratos de todos na Universal e Sony. Eu não vou assistir meu povo ser escravizado. Estou colocando minha vida em risco pelo meu povo. A indústria da música e a NBA são navios negreiros modernos. Eu sou o novo Moisés.

Não sou irmão da indústria, não me importo. Estou a serviço de Cristo. Precisamos da cura mundial. Sinto falta dos meus irmãos, me recuso a discutir com homens negros nos rótulos que nós não possuímos, nem mesmo o Twitter.

Continua depois da publicidade

Tenho o maior respeito por todos os irmãos, precisamos nos conectar e respeitar uns aos outros. Chega de zombar uns dos outros em rótulos que não pertencemos.

Vamos parar de matar uns aos outros, vamos mostrar a Deus que somos o povo de Deus. Meu ego leva o melhor de mim também. Deus não nos mede pelo dinheiro em seu reino, vamos nos amar. Eu amo meus irmãos e sinto falta dos meus amigos.

Kanye também chegou a escrever que precisava de "um pedido público de desculpas de J Cole e Drake imediatamente. Sou Nat Turner. Estou lutando por nós". Esse tuíte, porém, foi apagado na sequência.

Continua depois da publicidade

A briga entre os dois rappers é antiga. Em dezembro 2018, Kanye acusou Drake de supostamente ameaçar sua família de morte. No Twitter, ele disse que temia por sua segurança.