PUBLICIDADE
Topo

Paulo Coelho vira alvo de bolsonaristas por pedir 'boicote às exportações'

Paulo Coelho ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil
Paulo Coelho ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil
Reprodução

De Splash, em São Paulo

14/09/2020 10h23

O escritor Paulo Coelho virou alvo de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) após publicar e apagar um post no Twitter em que pregava o "boicote às exportações brasileiras ou o taleban cristão controlará o país."

print - Reprodução / Twitter - Reprodução / Twitter
Publicação que foi apagada por Paulo Coelho
Imagem: Reprodução / Twitter
Continua depois da publicidade

O tuíte, apagado na tarde de ontem, foi "printado" por bolsonaristas e agora circula nas redes sociais. Por isso, o nome de Paulo Coelho está nos Trending Topics do Twitter no Brasil hoje.

Apesar de ter apagado a publicação que causou a polêmica nas redes sociais, ele escreveu na sequência: "Os governantes não entendem que, embora possam destruir a oposição, ela não deixa de existir. Corte a grama, ela ficará mais forte."

O escritor também retuitou uma mensagem da economista Thereza Fontoura agradecendo por terem tornado a publicação famosa.

Continua depois da publicidade

Apesar dos ataques, Paulo Coelho ainda ironizou a situação e mudou a descrição de seu perfil no Twitter.

Eremita online / deleto tuítes