PUBLICIDADE
Topo

Funarte troca de comando; exonerado brigou com Mario Frias, diz jornal

Luciano da Silva Barbosa Querido, que foi exonerado do cargo de presidente da Funarte
Luciano da Silva Barbosa Querido, que foi exonerado do cargo de presidente da Funarte
Reprodução/Facebook

De Splash, em São Paulo

14/09/2020 08h26

A Funarte (Fundação Nacional de Artes) está sob nova direção. Foi publicada hoje, no DOU (Diário Oficial da União), a exoneração do atual presidente do órgão, Luciano Querido, que é substituído por Lamartine Barbosa Holanda.

A Funarte é responsável por desenvolver políticas públicas de fomento às artes no Brasil - Reprodução/Facebook - Reprodução/Facebook
A Funarte é responsável por desenvolver políticas públicas de fomento às artes no Brasil
Imagem: Reprodução/Facebook
Continua depois da publicidade

Segundo a coluna de Lauro Jardim no jornal "O Globo", a saída de Querido ocorreu por causa de conflitos com o secretário especial da cultura, Mario Frias. O ex-chefe da Funarte teria ficado irritado quando algumas nomeações para cargos importantes não saíram como ele esperava.

O secretário especial da cultura, Mario Frias, teve conflitos com o ex-presidente da Funarte - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
O secretário especial da cultura, Mario Frias, teve conflitos com o ex-presidente da Funarte
Imagem: Reprodução/Instagram

O novo chefe da fundação, Lamartine Holanda, é coronel de reserva do exército e ex-presidente da Câmara de Comércio Brasil-Albânia. Também concluiu curso de roteirista na Escola de Cinema de São Paulo.