PUBLICIDADE
Topo

'Para Todos os Garotos 3' fecha a saga em clima de final de novela das nove

Peter Kavinsky (Noah Centineo) e Lara Jean (Lana Condor) em "Para Todos os Garotos: Agora e Para Sempre" - Katie Yu/Netflix
Peter Kavinsky (Noah Centineo) e Lara Jean (Lana Condor) em 'Para Todos os Garotos: Agora e Para Sempre' Imagem: Katie Yu/Netflix

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

12/02/2021 04h00

Resumo da notícia

  • É o terceiro e último filme da série "Para Todos Os Garotos que Já Amei"
  • Lana Condor e Noah Centineo se despedem da saga que os revelou ao mundo
  • Os protagonistas conseguiram manter a boa química do casal principal até o final
  • Netflix investiu pesado na conclusão da trilogia baseada nos livros da escritora Jenny Han
  • Mesmo clichê, filme é romântico e um ótimo entretenimento para quem curte títulos levinhos

Sabe capítulo final de novela, em que todas as histórias precisam de uma conclusão? O terceiro e último filme da saga "Para Todos Os Garotos: Agora e Para Sempre", que estreou hoje na Netflix, segue nesse ritmo acelerado, porém sem jamais perder a ternura. A trama passa por três cidades do mundo e se divide em pequenos capítulos para o público não se perder.

Para Todos Os Garotos: Agora e Para Sempre

Lançamento: 2021 Duração: 115min Pais: Estados Unidos Status: Netflix Direção: Michael Fimognari Roteiro: Katie Lovejoy
splash
4,4 /5
USUÁRIOS
-
ENTENDA AS NOTAS DA REDAÇÃO

Roteiro muito fatiado para abraçar a conclusão de tantas histórias

Casal principal conseguiu manter a química até o final da saga

Cenários lindos, só faltou mostrar um pouco mais da cidade deles: Portland

Michael Fimognari acertou no encerramento, mas não no segundo filme

Para quem gosta de comédias românticas clássicas, é um prato cheio

Pontos Positivos

  • Kitty (Anna Cathcart), a irmã mais nova de Lara Jean, segue perfeita e divertida;
  • Diversidade absurda de cenários;
  • Tramas paralelas interessantes;
  • Noah Centineo mais fofo do que nunca!

Pontos Negativos

  • Rtimo um pouco acelerado demais para concluir a saga sem chatear os fãs;
  • Acabou a trilogia :( Sdss, Lara Jean

Veredito

Você vai vibrar, chorar, se desesperar, mas nunca deixar de torcer pelo amor pueril de Lara Jean e Peter Kavinsky. Prepare o lencinho também para fortes emoções paralelas com a família da garota. A conclusão é acelerada, mas satisfatória. Tem que assistir até o final.

Leia a crítica completa (contém spoilers)

O último ano de Lara Jean (Lana Condor) e Peter Kavinsky (Noah Centineo) no colégio é o mais romântico do casal, mas também o mais atribulado com tantas decisões importantes e individuais a serem tomadas. Afinal, eles estão se formando e precisam decidir a faculdade que cada um vai fazer e o rumo a seguir nos próximos quatro anos.

Curiosamente, nesse filme os papéis se invertem. De romântica iludida, Lara Jean se mostra bem mais madura e decidida. É claro que ela segue apaixonada pelo namorado perfeito, mas é de Peter o papel mais digamos, emocionado, na conclusão da saga. Um homem tão perfeito que não deixa a gente esquecer que aquilo só pode ser ficção mesmo.

Apesar de clichê como toda comédia romântica adolescente, "Agora e Para Sempre" entrega vários momentos fofos para quem gosta de shippar casais. A trilha sonora —que vai do k-pop ao rock dos anos 1990, passando por versões originais e revisitadas do pop feminista das Spice Girls— embala as situações que vão render gritinhos e suspiros de quem acompanha a saga desde 2018.

Falando em k-pop, não tem como não citar o começo empolgante do filme, que se passa em Seul, na Coreia do Sul. É uma bonita homenagem para a mãe de Lara Jean e suas irmãs e mostra que a Netflix caprichou no orçamento, honrando o estrondoso sucesso da trilogia baseada nos livros de Jenny Han. A viagem em família rende momentos icônicos e poderia até ter durado um pouquinho mais.

Porém, se a família Covey se estendesse demais na viagem, não sobraria tempo para Lara Jean sofrer e sonhar no seu já conhecido quarto, para o aguardado baile de formatura da escola ou até mesmo para os inúmeros encontros românticos com Peter na lanchonete preferida deles. Para a novela ser completa, só faltou um bebê!

Tem também uma viagem empolgante para Nova York, reunindo toda a galera do "terceirão". O passeio pela cidade preferida das comédias românticas é mais uma dose de felicidade para quem vai assistir e está trancado em casa há quase um ano. Um convite para esquecer a pandemia, nem que por alguns minutinhos.

Para o público mais novinho, "Para Todos Os Garotos: Agora e Para Sempre" é um prato cheio, com os altos e baixos do romance principal, boas tramas paralelas com todos os personagens já conhecidos e amados desde o primeiro filme, e uma conclusão que traz de volta a raiz de como tudo começou. Alguém ainda se lembra das cartas escritas à mão?

Para os adultos como eu, é uma dose de ternura. O próprio filme reconhece e adianta tudo aquilo que quem já viveu um grande amor adolescente vai pensar, mas tenta se justificar da maneira mais fofa possível. Em um momento em que até o "BBB" está carregado de tensão, vale dar uma chance para um entretenimento leve e previsível.