PUBLICIDADE
Topo

Porta dos Fundos

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

As dez coisas que garçons mais odeiam ouvir em serviço

Até os campeões se irritam - Reprodução
Até os campeões se irritam Imagem: Reprodução
Porta dos Fundos

Textos semanais escritos pelos roteiristas do canal de humor Porta dos Fundos, responsáveis por mais palavrões ditos por famosos que a coluna do Léo Dias. "Roteiristas são como duendes: ninguém nunca os vê, mas fazem coisas mágicas por um prato de comida" (antigo provérbio chinês)

Colunista do UOL*

27/01/2022 11h00

Já foi a algum restaurante e se sentiu rejeitado pelos funcionários? Achou que depois da primeira conversa com o garçom algo mudou a relação entre vocês? Talvez seja algo que você falou, algo que você fez ou seu hálito, mas o primeiro contato com o garçom é extremamente importante.

A diferença na entonação de um "Fala, meu chefe" e um "Boa tarde, campeão" é o que vai definir a qualidade do serviço e a quantidade de saliva que seu risoto vai ter durante a noite. Por isso, separamos as dez coisas que todo garçom odeia ouvir, para tanto você quanto o garçom terem uma noite agradável sem nenhum cabelo de pentelho perdido em algum prato.

1 - "Capricha na porção, hein!"
A tradução dessa expressão é, "coloque mais comida que o normal mas mantenha o mesmo preço". Nenhum garçom vai fazer isso, a probabilidade de um garçom pedir qualquer coisa no capricho pra você é tão nula quanto a do cantor Ovelha virar presidente do Brasil. Então, apenas peça sua porção e se contente com a quantidade que vier.

2 - "Vou matar a sua família!"
Uma curiosidade é que garçons e dentistas odeiam que ameacem suas famílias, isso os deixa muito ansiosos e preocupados. Evite ao máximo qualquer tipo de resposta agressiva, não importa se o seu pedido está demorando ou não.

3 - "Não cuspa no meu prato!"
Além de ser uma tremenda falta de educação, a frase vai acabar tendo um resultado oposto do esperado.

4 - "Cuspa no meu prato!"
Psicologia reversa não funciona com garçons.

5 - "De quem é esse cabelo de pentelho na minha sopa?!"
Não é algo que se pergunte a um estranho, apenas tire o cabelo ou engula junto com um pãozinho.

6 - "Estou te chamando faz meia hora"
Não precisa falar para o garçom que ele estava te ignorando, ele sabe. Quando você diz isso você está subestimando a percepção de um profissional.

7 - "Onde você comprou esse uniforme? Na loja de garçons burros?!"
Nunca insulte o uniforme de um garçom, é deselegante.

8 - "Esqueci minha carteira em casa, posso pagar de outra forma?"
Propostas indecentes devem ser direcionadas aos gerentes, os garçons não têm autoridade para aceitar esse tipo de coisa.

9 - "Aqui serve c*?"
Óbvio que sim.

10 - "Você pode me trazer a conta?"
Você está duvidando da capacidade de alguém te trazer a conta? Quem você pensa que é? O garçom trabalha há anos levando e trazendo coisas, mas um pedaço de papel com números te faz duvidar do profissionalismo dele? De longe, essa é uma das piores coisas para se dizer a um garçom.

Seguindo esse tutorial, dificilmente você terá problemas em um restaurante. Até a próxima, e bon appetit!

*Jhonatan Marques é roteirista do Porta dos Fundos. No Instagram: @ojhonatanmarques