PUBLICIDADE
Topo

Porta dos Fundos

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Por onde andam os ex-BBBs menos famosos?

Mó barra, aí - Reprodução
Mó barra, aí Imagem: Reprodução
Porta dos Fundos

Textos semanais escritos pelos roteiristas do canal de humor Porta dos Fundos, responsáveis por mais palavrões ditos por famosos que a coluna do Léo Dias. "Roteiristas são como duendes: ninguém nunca os vê, mas fazem coisas mágicas por um prato de comida" (antigo provérbio chinês)

Colunista do UOL*

17/01/2022 11h00

Muito se fala sobre os BBBs quando eles estão sob os holofotes da fama, mas pouco se sabe sobre sua vida pós-glória. E fora do reality, como eles estão? Nem todos se mantém bem-sucedidos como Grazi Massafera, Sabrina Sato ou Kléber Bambam. Muitos vão à falência, outros abrem hamburguerias medíocres, alguns morrem, ou pior, entram na rotação de convidados frequentes da Rede TV.

O fato é que o programa, tal qual nosso governo, promete prosperidade ao alcance de todos, e tal qual nosso governo, deixa a imensa maioria no subemprego mesmo. Podemos apenas imaginar a triste realidade de quem experimenta ser cobiçado por grandes marcas e revistas, e poucos anos depois considera um bom dia quando é convidado para ser príncipe de festa de 15 anos. O anonimato é algo que jamais desejaríamos a quem conhecemos.

Num momento de caridade e excepcional grandeza de caráter, eu, pessoalmente, fiz um trabalho de busca e pesquisa e vim trazer para vocês informações exclusivas sobre essa parcela de pessoas que merece uma segunda chance da fama sem razão ou utilidade evidente.

Andre Gabeh (BBB1) - Foi visto fazendo teste para um comercial do guaraná Jesus, e na última terça agendou uma palestra sobre Bitcoin em Conselheiro Lafaiete.

Alemão (BBB7) - Comeu o maior hambúrguer de Nova Iguaçu em 6 minutos e ganhou o prêmio de 1000 reais e passe livre no Brother's Hamburgueria. Hoje em dia é piscineiro do Motel Caliente em São Bernardo do Campo.

Bill (BBB21) - Está em algum outro reality show, acho

Pâmela (BBB6) - Hoje em dia é intérprete de cantos gregorianos e vende maxixe na feira da Glória. Barraca 8.

Cowboy - Não sei ao certo de qual edição, pois todas tiveram. Mas um com chapéu de peão, que chora com saudade das filhas e que batia na esposa. Hoje em dia virou deputado federal pelo PSL, administra uma loja de capinha de celular em Goiânia e tem certeza que a Terra é plana

Dhomini (BBB3) - É adestrador de cães e assistente de palco do programa "Encrenca"

Raul Cortez (BBB12) - Lançou um grupo de pagode chamado "Brothers do Samba", mas num acidente de moto perdeu os dedos com que tocava cavaquinho. Hoje em dia é gerente do Habib's da Praça Paris.

Thiago Leifert - Hoje é dono de uma loja de sapatênis na Rua do Ouvidor no Rio de Janeiro, investidor da bolsa e paga os salários de todos os ex-BBBs das edições ímpares.

Está provado, mais do que nunca, que o ex-BBB merece atenção, amparo e um cuidado maior da sociedade. Não deixe que esse programa acabe com a vida dessas pessoas. Salve um ex-BBB! E na próxima coluna, vamos falar por onde andam os ganhadores do Ídolos e do The Voice. Não perca!

*Matheus MAD é roteirista do Porta dos Fundos, humorista, não leva desaforo pra casa e vai ser do grupo Pipoca do BBB22. No Instagram: @omatheusmad