Topo
OPINIÃO

Cinco assuntos que ninguém aguenta mais ouvir você opinando

"Repara nos taninos!" Imagem: Reprodução
Porta dos Fundos

Colunista do UOL*

03/12/2021 04h00

O dicionário diz que ser intolerante é não admitir a opinião alheia. Mas a minha referência de intolerância é ter um belo piriri depois de comer um pão francês com manteiga e tomar um café com leite. São parâmetros que a vida te dá após os 35 anos. O que você faz? Chora e aceita. Dizem que dói menos (quando não te dá gases, claro).

Mas enfim, essa coluna não é para falar de pão e leite, assuntos tão banais que nem precisa ser intolerante para criticar. Venho até você, care leitore, atendendo a pedidos de todos os seus amigos pessoais, que têm vergonha de jogar a real e te chatear. Eles me passaram cinco assuntos que ninguém mais quer ouvir suas opiniões sobre, pois apesar de bem-intencionadas, já esgotaram a paciência de geral. Eis a lista:

Filhos
Ter ou não ter? Não é problema seu, sério. Ainda que sua vida com filho seja linda, cheia de riso, brincadeiras e muito amor, você não tem o direito de pregar sobre o tema, como se qualquer criança melhorasse o ambiente - até porque sabemos que não é verdade. Não ter filhos também tem amor, também tem riso, tem muito mais liberdade, tem muitos drinks e, o melhor, não tem rotina. É melhor não falar sobre isso: nenhum lado sai ganhando.

Veganismo
Em teoria, todos concordam que seria perfeito nunca precisar matar nada com rosto para sobrevivermos, mas a pregação vegana periga estar fazendo mais mal do que bem para a causa. Ser vegano é sim transcender e se negar ao direito de comer um jamón sem pensar que ele um dia foi um porco. Mas, um toque: chamar pessoas que você mal conhece de assassinos não atrai muita simpatia pra sua causa. Além disso, tem muito vegano por aí usando couro e matando pernilongos. Eu não julgo.

Direita e Esquerda
Seja sincero: a essa altura do campeonato, você ainda tem contato real com alguma pessoa que não tenha a mesma opinião política que a sua? Ou só puxa esse assunto na mesa pra repetir umas frases feitas sobre manchetes de Whatsapp que confirmam o que a mesa toda já pensa? Admita logo que vivemos numa rodinha de hamster de chamada algoritmo e que nosso "engajamento político" só serve pras redes sociais aumentarem seus números de retenção. Vote em quem você acha sinceramente que vai ajudar mais pessoas, e já tá ótimo.

Storytelling
Ok, a gente sabe, você leu dois livros de marketing. Mas esse termo já está tão desgastado que o único engajamento que ele nos provoca é com a ideia de beber até não ouvir mais sua voz. Tudo nessa vida é storytelling. Não precisa ser roteirista, escritor ou ter qualquer função de escrita para isso. Mesmo assim, você insiste em falar de storytelling até pra contar da sua última ida ao banheiro. Apenas não.

Vinhos
Beber vinho é ótimo, deixa todo mundo feliz e faz bem para o coração, para a pressão, para a vida (pode buscar no Google); mas decifrar as notas e aromas do vinho só faz com que você estrague o rolê pra todo mundo. Beba como quiser, o que quiser... ninguém tem nada com isso. Afinal, o fígado é seu. Inclusive... vou brindar a esse tema maravilhoso com o espumante que está aberto na minha geladeira há mais de uma semana. Saúde!

*Juliana Rodrigues é roteirista e coordenadora de conteúdo do Porta dos Fundos

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Cinco assuntos que ninguém aguenta mais ouvir você opinando - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL


Porta dos Fundos