PUBLICIDADE
Topo

Pedro Antunes

Não é ficção: sócio da Prevent Senior fez música de "esperança" na pandemia

Eduardo Parras (centro) é o vocalista do Armored Dawn e também responsável técnico e sócio da Prevent Senior - Montagem: Pedro Antunes
Eduardo Parras (centro) é o vocalista do Armored Dawn e também responsável técnico e sócio da Prevent Senior Imagem: Montagem: Pedro Antunes
Conteúdo exclusivo para assinantes
Pedro Antunes

Pedro Antunes, ou "Pô Antunes" pra quem só me conhece pelo Instagram, é jornalista, apresentador, curador e crítico de música e cultura pop desde 2010. Escreveu no Jornal da Tarde, Estadão e foi editor-chefe da Rolling Stone Brasil. Fez mais entrevistas do se lembra, tem um "novo disco favorito" por semana e faz mini-análises de álbuns no programa Tem um Gato na Minha Vitrola, no perfil @poantunes.

Colunista do UOL

29/09/2021 11h43

Abril de 2021, Brasil. A segunda onda da Covid-19 dilacerou um País esfacelado.

No dia 8 daquele mês, foram registrados 4.249 mortes pelo vírus no País, a pior marca brasileira de toda a pandemia.

Seis dias depois, em 16 de abril, quando outras 3.305 vidas se perdiam pela Covid, uma banda de rock viking (pois é, isso existe) chamada Armored Dawn lançava uma música de nome "Strong Together".

Segundo o release enviado para este colunista por email naquela data (e só aberto até a manhã de hoje - admito que perdi o controle da minha caixa de entrada há algum tempo), a faixa apresentava uma "mensagem de esperança para todos que precisam se reerguer nesse momento de incerteza".

O texto de apresentação da música ainda dizia coisas como "a letra (...) reforça a importância das pessoas que dividem umas com as outras o peso de dias tão difíceis. Nessa nova realidade da sociedade, a maior prova de afeto por outro ser humano é manter a distância".

Com três álbuns de estúdio, o grupo se preparava para gravar o quarto disco celebrava a boa fase pré-pandemia em que faria uma turnê com outros nomes do heavy metal brasileiro, como Dr. Sin, Korzus e Jimmy & Rats, a "Armored Dawn Convida".

De volta à "Strong Together", a letra da canção tem, por exemplo, uma estrofe como esta:

"Feel the hope within us
Feel it in your soul
I know they can't beat us 'cause
We're gonna rule the world"

Em tradução livre, a música diz algo como: "Sinta a esperança dentro nós, sinta em sua alma, eu sei que eles não conseguem nos derrotar porque nós governaremos o mundo."

A música ostenta bons números - no Spotify (são 67.175 de plays) e 426.998 views no YouTube - é assinada por toda a banda, assim como outras composições como "Zombie Viking" e "Ragnarok" - perceba a temática nórdica.

No e-mail, o vocalista do grupo Eduardo Parras comentava o "conceito lírico" da canção.

"Um por todos e todos por um, não importa o que digam ou o que aconteça. Juntos podemos muito mais e nada pode nos derrubar."

A pandemia afetou a arte e a arte refletiu a pandemia. De Caetano Veloso à banda de esquina que tem nem sequer um single nas plataformas digitais. O que faz do rock viking de Armored Dawn aparecer aqui é que Eduardo Parras, o vocalista do grupo, é também o Dr. Eduardo Fagundes Parrillo, o responsável técnico pela Prevent Senior e um dos sócios da empresa que está sob a mira da CPI da Covid.

E esta não é a primeira banda de Parrillo a aparecer nesta coluna.

Há alguns dias contei como ele e o irmão, Fernando, sócio-administrador da Prevent Senior e vocalista da Doctor Pheabes, patrocinavam grandes shows (de Rolling Stones, Guns N' Roses e Black Sabbath) e festivais (como Lollapalooza e Rock in Rio) e admitiam usar desta posição para tocar nestes eventos.

Sugiro, agora, que volte e releia este texto com a informação de quem é o vocalista de Armored Dawn.

Eu sei, parece ficção - e gostaria que fosse -, mas não é.

Você pode reclamar comigo aqui, no Instagram (@poantunes), no Twitter (também @poantunes) ou no TikTok (@poantunes, evidentemente).