PUBLICIDADE
Topo

Pedro Antunes

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Quanto você pagaria para ser um Dummy no BBB 21?

Dummy no BBB 21 - Montagem
Dummy no BBB 21 Imagem: Montagem
Pedro Antunes

Pedro Antunes, ou "Pô Antunes" pra quem só me conhece pelo Instagram, é jornalista, apresentador, curador e crítico de música e cultura pop desde 2010. Escreveu no Jornal da Tarde, Estadão e foi editor-chefe da Rolling Stone Brasil. Fez mais entrevistas do se lembra, tem um "novo disco favorito" por semana e faz mini-análises de álbuns no programa Tem um Gato na Minha Vitrola, no perfil @poantunes.

Colunista do UOL

16/04/2021 17h32

Você quer entrar no BBB, mas não sabe como? Enviou vídeos para a inscrição, mas nunca foi considerado mais interessante que a participante Thaís para ingressar na casa mais vigiada do Brasil?

SEUS PROBLEMAS ACABARAM!

O gerente enlouqueceu! Quer dizer, o diretor enlouqueceu! Você pode não ser bom nem para fazer fotossíntese em Curicica, mas pode dar um jeitinho de ver* como é ser um brother ou sister.

Sim, seja um dummy você também!

Nesta oferta exclusiva, você pode entrar na casa e, sem interagir com ninguém, sentir o gostinho do que é poder pensar: "O Brasil tá vendo".

Por apenas três parcelas de R$ 5 mil reais** você pode realizar o sonho de estar dentro do BBB.

Não perca! São somente três parcelas de R$ 5 mil reais** para passar 5 horas no Big dos Bigs! Monte uma prova do líder da Gilette, equipe o jardim em festa patrocinada pela Americanas, grave um vídeo mostrando como passar pelos desafios da prova do anjo da Coca-Cola!

Vai perder essa oportunidade?

Aceitamos depósito em conta, cartões de crédito nas bandeiras Visa e Mastercard e até Pix.

Prefere pagar o valor à vista? Se o pagamento for integral, oferecemos um desconto de 15%. Isso, mesmo! Por apenas R$ 12.750** você pode entrar no Big Brother Brasil!

Não perca essa chance única de ser um dummy você também! Entre em contato já!

*O comprador poderá entrar na casa vestido de dummy e não poderá interagir.
** Passagens aéreas e possível hospedagem em Curicica não inclusas.

Por mais absurdo que seja precisar escrever isso, o anúncio acima é falso, criado por este que aqui escreve em uma noite de insônia, ok?

De qualquer forma, eis uma ideia de negócio para a TV Globo: a venda de "tíquetes de dummies"!

Os dummies são aqueles ajudantes que estão sempre nas provas do reality. São disfarçados, vestidos da cabeça aos pés. Não sabemos quem são, eles não falam nada ou coisa do tipo. São proibidos de interferirem no game, também.

Não que a srta. Globo precise de mais fontes de renda no BBB 21, já que o programa começou com recorde de patrocinadores e uma possível arrecadação de R$ 530 milhões, segundo informou o UOL na data da estreia do reality.

Quer dizer, a Globo precisa de mais uma forma de ganhar nosso dinheiro? Não! Mas isso não impede o programa, contudo, de empanturrar a nossa visão de anúncios para onde quer que a gente olhe.

Por vezes, por exemplo, passamos minutos assistindo aos participantes escolherem qual será o aroma da vez do desodorante Above para as suas respectivas axilas. No começo, a gente até aceita. Depois, impactados, até cogitamos abrir o aplicativo das Americanas e comprar um par de latas do desodorante para provar a durabilidade do produto. Na terceira vez, a gente só cansa, mesmo.

Diante de tanto anúncio e partir do anúncio de que o próprio Big Brother, ou seja, Boninho, também conhecido como o diretor da atração ou carinhosamente chamado de Big Boss, entrará na festa da próxima quarta-feira (21) disfarçado de dummy, pensei cá comigo: eis uma boa forma de fazer mais negócios no BBB.

Afinal, eu também gostaria ser um dummy!

Claro, não disponho de R$ 15 mil reais, em três vezes, para participar de tal atividade turística (fictícia e criada por mim mesmo em um momento de insônia, é bom repetir), tampouco me falta coragem de pegar um avião até o Rio de Janeiro neste ano 2 da pandemia, mas me pareceu ser uma ideia interessante.

Se o Big Brother Brasil abrir a venda de "ingressos" para as pessoas serem dummies por um dia, muita gente toparia na hora se tivesse a carteira cheia o bastante para bancar a empreitada.

Claro, as regras deveriam ser rígidas, afinal, não dá pros ultra fãs surgidos nesta edição do BBB, gente que ameaça os outros com dados vazados e agressões físicas ou virtuais, entrarem na casa. Imagine o que podem fazer com Gilberto ou Juliette, credo.

Ainda assim, seria uma experiência interessante. O BBB sempre mexeu com nosso âmago voyeur, mas sempre propôs isso a partir da tela. E se rolasse de estar ali, por algumas horas, parado em um canto. Isso mudaria o jogo todo.

Da minha parte, sonho em poder participar das provas de liderança e anjo. Das provas de habilidade e até aquelas terríveis de resistência (se eu puder levar o carro para casa). Pra saber como eu me sairia, mesmo, sabe? Falamos sempre sobre isso aqui em casa. "Quanto tempo você aguentaria?" ou "nossa, nessa prova eu seria eliminado rapidinho".

E, você, quanto pagaria para ser dummy por algumas horas?

Antes de me despedir, três últimos recados importantes:

1º) Boninho, se essa ideia chegar até você e vingar, eu quero uma porcentagem, ok?

2º) Se isso virar spam para golpes no WhatsApp, preciso já deixar claro que não tenho nada a ver com isso. É humor e crítica com a quantidade de anúncios do BBB 21. É brincadeira que chama, pessoal. Nem sempre é engraçado, mas é uma tentativa de fazer isso.

3º) Estou ciente de que "dummy" tem o significado de "boneco" (tipo aqueles usados para treino de artes marciais), mas também é um jeito meio fofo de dizer "idiota", o que deixa essa história mais legal ainda. Releia o anúncio do início do texto trocando "dummy" e "dummies" por idiota(s) e divirta-se.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL