PUBLICIDADE
Topo

Página Cinco

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

As transformações culturais e a presença dos games em nossas vidas

só para assinantes

Rodrigo Casarin

Colunista do UOL

17/06/2022 04h00

Vez ou outra o podcast foge um pouco da literatura para, normalmente a partir de algum livro, passear por outros assuntos. Foi assim no episódio 82, por exemplo, quando conversei com Jaime Laurindo sobre o trabalho em "Enciclopédia Negra". Foi assim também no episódio 72, quando bati um papo sobre o Brasil de Bolsonaro com o professor João Cezar de Castro Rocha, autor de "Guerra Cultural e Retórica do Ódio".

E será assim no programa de hoje. O convidado da vez é João Varella, que poderia tranquilamente estar aqui para falar sobre o mercado editorial, por exemplo. Ele é fundador da editora Lote 42 e das livrarias Sala Tatuí e Banca Tatuí, além de autor de títulos como "42 Haicais e 7 Ilustrações" e "Curitibocas: Diálogos Urbanos".

Mas convidei o João para conversar sobre um outro assunto que nos aproxima: o videogame. Como jornalista, com frequência ele escreve sobre games para veículos como o Uol e a Folha de São Paulo. Nessa praia, é autor dos livros "Games: Cultura, Arte e Joystick" e do há pouco lançado "Videogame Pandemia" (Elefante), no qual parte do nosso recente período de isolamento para investigar a presença dos jogos em nossas vidas.

Numa conversa que foi de Atari a Playstation, de River Raid a The Last Of Us 2, lembramos jogos marcantes, falamos sobre games como arte e passamos pelo comportamento um tanto agressivo demonstrado por muitos gamers. A indústria cultural e as influências do mercado e do dinheiro no rumo das produções também foram temas do papo com o João.

O podcast do Página Cinco está disponível no Spotify, na Apple Podcasts, no Deezer, no SoundCloud e no Youtube.

Você pode me acompanhar também por essas redes sociais: Twitter, Facebook e Instagram.