PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

SBT esconde pandemia de covid ao falar da Copa América no Brasil

Marcelo Torres e Marcia Dantas apresentam o "SBT Brasil" - Reprodução
Marcelo Torres e Marcia Dantas apresentam o "SBT Brasil" Imagem: Reprodução
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

31/05/2021 21h57

O "SBT Brasil" noticiou o anúncio de que a Conmebol decidiu trazer a Copa América para o Brasil sem detalhar a grave crise sanitária no país por causa da pandemia de coronavírus. O telejornal também não citou a péssima repercussão do fato entre políticos, esportistas e médicos.

A palavra "covid" é ouvida apenas uma vez nos 3min30 da reportagem - no momento em que foi mencionado o motivo de a Argentina ter desistido de sediar o evento. Ao reproduzir depoimentos de autoridades brasileiras, o telejornal em momento algum apresenta dados sobre a pandemia ou sobre os problemas que o evento tem o potencial de causar.

O telejornal também não apresentou nenhum ponto de vista crítico sobre a decisão da Conmebol. O SBT adquiriu recentemente os direitos de exibição da Copa América e aproveitou, no seu principal telejornal, para especular sobre as chances da seleção brasileira no torneio caso ele se realize no Brasil.

Já o "Jornal Nacional", inversamente, enfatizou os problemas envolvidos na realização da Copa América no Brasil. Numa longa reportagem, ao longo de seis minutos, o principal telejornal da Globo ouviu senadores de vários partidos, governadores e médicos contrários à vinda do evento para o país.

O SBT disse que o governador da Bahia, Rui Costa, "afirmou que o Estado pode receber jogos, sem público". Já na Globo, Costa falou que "aqui na Bahia não poderão ocorrer jogos de qualquer Copa".

A Globo, que tradicionalmente transmitia a Copa América, apresentou uma proposta para o evento deste ano, mas viu o SBT, que já havia conquistado os direitos da Libertadores, ser escolhido pela Conmebol para a exibição do torneio de seleções do continente.

AVISO: Saio de férias por um período mais longo, para desenvolver um projeto, e retorno com a coluna em setembro. Até a volta.

Siga a coluna no Facebook, no Twitter e no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL