PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Silvio Brincando de Televisão: matinal que virou vespertino volta às manhãs

Patrícia Abravanel e Gabriel Cartolano no Vem Pra Cá - Reprodução/SBT
Patrícia Abravanel e Gabriel Cartolano no Vem Pra Cá Imagem: Reprodução/SBT
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

08/05/2021 12h37

Para quem acompanha o mercado de televisão e escreve a respeito, Silvio Santos é uma usina de notícias. Mesmo confinado em casa por causa da pandemia de coronavírus, o dono do SBT segue fazendo experiências na grade da emissora.

O objeto mais recente de sua varinha de condão é o "Vem Prá Cá". Lançado em 22 de março na faixa das 9h30 da manhã, o programa foi antecipado para as 9h apenas três dias depois. Em 28 de abril, pouco mais de um mês após a estreia, a atração virou vespertina e passou a ir ao ar às 13h50.

Nenhuma das duas experiências alterou significativamente o destino do "Vem Pra Cá', cuja audiência insiste em rondar os 3 pontos em São Paulo. Assim, nesta próxima segunda-feira (10), o programa sofre nova mudança e volta ao horário original, às 9h30. A grade deste dia aponta a seguinte ordem de programação:

6h - Primeiro Impacto
9h30 - Vem Pra Cá
11h - Bom Dia & Cia
15h15 - Fofocalizando

Esta prática, que internamente na emissora é conhecida como "Silvio Brincando de Televisão" (SBT), tem vários efeitos. A mais importante é o fato de o programa propriamente dito ficar em segundo plano - as mudanças de horário chamam mais a atenção que a própria atração.

Criado às pressas, com muita boa vontade, mas poucos testes, o "Vem Pra Cá" precisa de tempo para ganhar forma e conquistar um público. Essas experiências com o horário, creio, não ajudam muito.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL