PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Sem maior ambição, "Plantão BBB" quer apenas prolongar papo sobre o reality

A apresentadora Ana Clara na estreia do Plantão BBB - Reprodução / Internet
A apresentadora Ana Clara na estreia do Plantão BBB Imagem: Reprodução / Internet
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

05/04/2021 16h26

Não há muito o que dizer sobre um programa criado às pressas, no meio do "BBB 21", com o objetivo de comentar o que está acontecendo no reality show da Globo. "Plantão BBB", anunciado seis dias antes de entrar no ar, é um improviso, um "Vídeo Show temático" que eventualmente pode funcionar como laboratório para algo mais bem planejado em 2022.

Mesmo básico, com uma apresentadora no estúdio, dois convidados em conexão remota e muitas imagens do "BBB 21", trata-se de um programa que, com certeza, agrada aos oito patrocinadores do reality. E, claro, afaga uma audiência jovem que se mostra ávida por tudo que diga respeito à "casa mais vigiada do país".

Ana Clara, que se revelou ótima no "Rede BBB", entrevistando os participantes assim que saem do programa, mereceu a honra que comandar esta atração. Em pé, ela conversou na estreia com Tia Má (Maíra Azevedo) e o ator Silvero Pereira.

O formato sugeriu mais um programa de entrevistas do que de bate-papo. Seria muito mais interessante se os três estivessem juntos no estúdio, sentados, jogando conversa fora. Quem sabe num mundo sem pandemia isso seja possível.

O momento mais elaborado do "Plantão BBB" foi um VT sobre a performance de Viih Tube, mostrando a sua habilidade no jogo e, em especial, na formação do paredão deste domingo (04). Foi um vídeo que, normalmente, seria exibido no programa de terça-feira, antes do anúncio da eliminação.

Fiquei com a dúvida se o "Plantão BBB" corre o risco de "canibalizar" o programa noturno. Ou, pior, se será uma redundância. Em todo caso, parece haver público disposto a esta "overdose" de informações sobre o "BBB 21".

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL