PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Voto de Gil em Rodolffo é histórico e mostra a atualidade do "BBB"

BBB 21: O líder Gilberto indicou Rodolffo ao paredão - Reprodução/Globoplay
BBB 21: O líder Gilberto indicou Rodolffo ao paredão Imagem: Reprodução/Globoplay
Conteúdo exclusivo para assinantes
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

22/03/2021 01h05

Líder da semana, o economista Gilberto tomou uma decisão de voto histórica neste domingo (22). Ele mandou Rodolffo para o paredão depois de ter ouvido o cantor fazer um comentário preconceituoso sobre homossexuais.

Foi no sábado (21). Após ver que Fiuk ganhou um vestido para usar na festa, Rodolffo disse: "Como é que leva esse menino de vestido para as boates lá em Goiânia, ô Sarah?" Ela respondeu: "Dá para levar. Goiânia, os homens tudo brutos". E Gil acrescentou: "É uma chance deles mudarem".

Em conversa com seus aliados após a votação, GIl explicou: "Eu não entendi, sabe. Ele [Fiuk] não tava presente, não podia se defender. Foi uma piada muito pesada na minha opinião. Na hora, eu fiquei agoniado". Em outra conversa, com Arthur, disse: "Isso me pegou como homem gay. Me incomodou tanto".

O voto de Gil é histórico porque, mais uma vez, contraria a tese que o diretor Boninho defendeu por anos, de que "Big Brother não é cultura, não é um programa que propõe debates. É um jogo cruel, em que o público decide quem sai".

Já sabemos há muito tempo que o BBB não é só "um jogo cruel". É bem mais, na verdade. E Gilberto ajudou a lembrar, de forma corajosa, que o programa pode ser, sim, palco para discutir uma questão real, que afeta direta ou indiretamente milhões de pessoas.

Gil já havia participado de outro momento histórico, junto com Lucas Penteado. Os dois protagonizaram o primeiro beijo entre dois homens na história do programa. Abalado com a repercussão da cena, o ator desistiu do "BBB 21".

As últimas edições reafirmaram este lugar do "BBB" como plataforma para promoção de discussões sobre racismo, intolerância religiosa, machismo, violência contra mulheres e preconceito contra homossexuais, entre outros temas.

Também já sabemos há muito tempo que a forma como o público enxerga estas questões está longe de ser consensual. O fato de Gil apontar para Rodolffo e criticá-lo publicamente por um comentário preconceituoso não significa que os espectadores vão concordar com ele e tirar o cantor sertanejo do "BBB".

Rodolffo sair ou ficar, nem importa tanto, na verdade. Gil tem o mérito de obrigar o público a pensar sobre o que motivou o seu gesto. E isso tem um valor inestimável.

Quem deve ser eliminado do 'BBB 21'?

Enquete encerrada

Total de 1095208 votos
49,12%
Globo/João Cotta
45,34%
Globo/João Cotta
5,54%
Globo/João Cotta
Total de 1095208 votos
A votação do UOL não possui caráter cientifico ou influência sobre o resultado do programa da TV Globo

Valide seu voto

Siga a coluna no Facebook, Twitter e Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL