PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Após um ano, Globo fala com transparência sobre reprises de novelas

Na volta de "Amor de Mãe", Lurdes (Regina Casé) adotou cuidados para evitar a covid-19  - Reprodução / Internet
Na volta de "Amor de Mãe", Lurdes (Regina Casé) adotou cuidados para evitar a covid-19 Imagem: Reprodução / Internet
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

21/03/2021 07h01

Desde a suspensão de "Amor de Mãe" em 20 de março de 2020, há um ano, a Globo vem sendo obrigada a exibir reprises de novelas em todas as faixas da programação. A medida, como se sabe, é uma consequência da pandemia de coronavírus.

A emissora chegou a considerar, em algum momento do segundo semestre do ano passado, que as coisas voltariam ao normal no início de 2021. Mas a pandemia, após uma breve melhora, recrudesceu. E vários planos tiveram que ser revistos.

No domingo passado (14), de uma forma até então inédita, a Globo falou com transparência sobre as dificuldades que vem enfrentando para produzir o seu conteúdo mais consumido pelo público - as novelas.

Numa chamada de três minutos, no intervalo do "Fantástico", a emissora anunciou as próximas estreias e reprises. Na voz de Regina Casé, fomos informados que, após os 23 capítulos inéditos de "Amor de Mãe", voltaremos a assistir a "Império".

"A gente teve que programar mais uma reprise, às 21h, para dar tempo de adiantar 'Um Lugar ao Sol', que ficou para o segundo semestre. Então, enquanto você aguarda para ver Cauã Reymond fazendo gêmeos, curte uma novela que ganhou o Emmy".

Regina falou das estreias programadas das próximas novelas inéditas das 18h, "Nos Tempos do Imperador", em agosto, e das 19h, "Quanto Mais Vida, Melhor", em julho.

E, com sinceridade, a emissora avisou que ainda não sabe quando exibirá o remake de "Pantanal": "Não dá para saber se estreia esse ano ou no começo do ano que vem. Isso, como tudo, está dependendo da situação da covid. Mas aqui na Globo, a gente está trabalhando com muito cuidado, e todo amor, para trazer de volta as suas novelas".

Não são as melhores notícias, mas ao menos temos informações claras sobre a situação.

Stycer recomenda
Mion na Globo: Bastidores do namoro que não deu em casamento ainda

Governo cancela contrato e tira do ar única TV para surdos

É obrigação da CNN corrigir fake news de comentaristas, diz CEO do canal

GloboNews e Viva lideram com folga ibope na TV paga; veja o ranking

Melhor da semana
Ao vivo, Leifert acerta com piadas e cobranças, mas erra com interferências

Pior da semana
RedeTV! corrige reportagem, mas segue exaltando remédio não recomendado

Podcast
Por que Projota mereceu sair do 'BBB 21'

Uma versão deste texto foi publicada originalmente na newsletter UOL Vê TV, que é enviada às quintas-feiras por e-mail. Para receber, gratuitamente, é só se cadastrar aqui.

Siga a coluna no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL