PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Mistério: Por que Projota se voltou contra Lucas e quer eliminá-lo do jogo

Projota e Lucas Penteado conversam no BBB 21  - Reprodução / Internet
Projota e Lucas Penteado conversam no BBB 21 Imagem: Reprodução / Internet
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

07/02/2021 01h18

Continuo intrigado com a relação entre Projota e Lucas Penteado, duas figuras que aparentemente tinham muito em comum, mas hoje estão em campos opostos no "BBB 21".

Aquela conversa entre os dois, ocorrida no dia seguinte da famosa festa, pareceu muito carinhosa. Um pai/padrinho falando com o filho. Todo mundo se emocionou. Projota foi elogiado pela "empatia". Pediu orações para Lucas e ofereceu pagar terapia para ele.

Lucas e Projota - Reprodução/Globoplay - Reprodução/Globoplay
BBB 21: Lucas Penteado e Projota se abraçam no primeiro dia do reality show
Imagem: Reprodução/Globoplay

Essa conversa fez sentido para quem viu, no primeiro dia do programa, os dois se abraçarem (acima) após Lucas dizer que era fã de Projota e que a música do rapper tinha salvado a sua vida.

Aí vem o apresentador Tiago Leifert e, no confessionário, agradece Projota pelo "enquadro" em Lucas. Além de levar informação externa, ainda usou uma palavra ruim. "Enquadrar", para mim, é colocar no lugar, o que já tem um sentido negativo. E a palavra também tem um sentido de repressão.

Diz o Houaiss que enquadrar é "deter para averiguações; a polícia enquadrou o marginal antes que ele sumisse"; é "apontar arma de fogo para; dominar por meio de arma de fogo; enquadraram os bandidos e começaram a atirar".

A partir daí Projota se voltou abertamente contra Lucas. E não o culpo se isso ocorreu pelo elogio ao "enquadro". Que tipo de pessoa merece um "enquadro"? E quem dá o "enquadro"? Projota passou a demonstrar hostilidade por Lucas.

Esta semana, houve aquela "batalha de rimas" entre os dois numa festa. Foi quente.

Projota disse: "Pode me pedir a benção, que eu sou o Eminem! É desse jeito, desse jeito, aqui na moral. Você é só um pivetinho, eu sou tipo Mano Brown".

Lucas respondeu: "Eu mando papo reto, irmão. Eu tô te espancando com a rima, a sua prepotência espanca o teto. Você tá ligado, aí, vacilão, que eu vou te bater usando a improvisação. Eu te tiro do ringue, você espanca o tamborim. É o ringue".

Projota disse: "É o ringue, é o ringue, é o ringue. É nada. O mano quer rimar, mas só usa uma palavra. Isso aqui não entendi. Isso aqui é diferente de um MC. Moleque, eu vou falar, porque tô ligado. Represento de verdade quando é improvisado. Se isso aqui é o paredão, eu te falo, chegado. Pode ir embora para casa, você tá eliminado"

Comecei a pensar se Projota (34 anos) estava enxergando Lucas (24) como um rival abusado, o jovem que quer desbancar o veterano. Chamou a atenção o fato dele se comparar a Eminem e Mano Brown para se mostrar superior ao "pivetinho". Marcelo Adnet até fez piada a respeito no "Sinta-se na Casa", no Globoplay.

Ainda assim, não faz sentido para mim esse desejo irrefreável que Projota tem demonstrado de forma ostensiva de se livrar de Lucas. Como se Lucas representasse um mal grande, ou uma ameaça para ele.

Mr. Edição até agora não mostrou direito o que Lucas fez de tão horrível naquela primeira festa. De horrível e de imperdoável. Esta falha dificulta também a compreensão deste conflito.

Ainda assim, qualquer que seja o motivo (ou motivos) de Projota, ele não ganha nada transmitindo publicamente esta impressão de que é preciso eliminar Lucas do BBB21.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL