PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

Globo tortura fã de BBB e apresenta participantes ao longo de seis horas

Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

19/01/2021 23h10

Como fez no ano passado, a Globo voltou a adotar este ano uma estratégia de divulgação dos participantes do BBB21 que parece ter sido idealizada por alguém muito sádico.

Os 20 nomes, de Artur Picoli, o primeiro, a Fiuk, o último, foram anunciados a conta-gotas, nos intervalos da programação da emissora, entre a exibição de "Laços de Família", a partir das 16h40, e o fim de "A Força do Querer", às 22h30.

Foi uma verdadeira tortura para quem queria apenas conhecer o time da nova edição. Os nomes foram divulgados em duplas - um do grupo Pipoca, outro do Camarote - ao longo destas mais de seis horas, em dez intervalos comerciais.

Não bastasse essa chateação, não faltaram vazamentos nas redes sociais, antecipando o que deveria ser um mistério. Foi o caso, por exemplo do anúncio do músico Projota.

Quem ficou diante da TV este tempo todo, foi obrigado a assistir reprises de cinco novelas ("Laços de Família", "Malhação - Viva a Diferença", "Flor do Caribe", "Haja Coração" e "A Força do Querer"), além de um telejornal regional e o "Jornal Nacional".

Ninguém merece.